Carreata na Santa Luzia abre a última semana do ‘Natal para Todos’

Concentração será no Centro Cultural Jorge Zanatta, às 18h. Anteriormente, o local estava previsto para ser no Centro de Eventos José Ijair Conti


- PUBLICIDADE -

Criciúma está entrando na última semana da programação do ‘Natal Para Todos 2020’. Nesta segunda-feira (21), será a vez da carreata no bairro Santa Luzia. A concentração será no Centro Cultural Jorge Zanatta, às 18h. A largada será às 18h45 e seguirá até na Praça da Santa Luzia, com a participação do Coral Show Criança Feliz. Anteriormente, o local da concentração estava previsto para ser no Centro de Eventos José Ijair Conti.

Nas últimas duas semanas, o município entrou em clima natalino, com uma programação voltada para lives, carreatas e caminhadas de forma itinerante, devido à pandemia. O enceramento está marcado para o dia 23 de dezembro.
“Foi um ano muito difícil e não poderíamos deixar passar em branco. O clima de Natal traz felicidade e boas lembranças, é isso que queremos transmitir para população de Criciúma”, afirma a diretora Administrativa da FCC, Jamile Souza.

- PUBLICIDADE -

O ‘Natal para Todos’ é uma iniciativa da FCC e toda produção cultural está sendo realizada através de convênio com a Sociedade Cultural Cruzeiro do Sul.

21/12- Carreata – Santa Luzia

Concentração: 18h, no Centro Cultural Jorge Zanatta.

Encerramento: Praça da Santa Luzia

Participação: Coral Show Criança Feliz

22/12 – Carreata – Rio Maina

Concentração: 18h, no Parque dos Imigrantes

Encerramento: Paróquia Santo Agostinho

Participação: Banda Cruzeiro do Sul

23/12 – Caminhada – Centro

Concentração: 18h, na Casa da Cultural

Encerramento: Presépio / Praça Nereu Ramos

Participação: Banda Noel e os Duendes

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.