Araranguá: fábrica de álcool líquido falso é fechada

Um casal foi preso pela Polícia Civil

Divulgação Polícia Civil
- PUBLICIDADE -

Érik Borges
Áraranguá

Uma fábrica clandestina de álcool líquido (em tese álcool 70%) foi fechada pela Polícia Civil de Araranguá, no bairro Jardim das Avenidas, nesta terça-feira, dia 24. Um casal foi preso por crimes ambientais, pela comercialização de produto sem registro aos órgãos de vigilância sanitária, além da comercialização de fogos de artifício sem autorização.

- PUBLICIDADE -

Os produtos adulterados estavam sendo comercializados em um mercado. “Os agentes encontraram dois galões adulterados, além de o casal estar vendendo fogos de artificio em desacordo com a lei”, explica o delegado regional da Polícia Civil de Araranguá, Diego de Haro. Segundo ele, quase mil litros de produtos para a fabricação de álcool, água sanitária e detergente foram encontrados. “Os dois galões têm ligação com a fabriqueta”, destaca o delegado. Segundo ele, os proprietários serão indiciados por crimes ambientais, venda ilegal de fogos de artificio e venda de produtos sem registro com órgãos de Vigilância Sanitária. “Existe uma série de requisitos obrigatórios para a comercialização desse tipo de produto”, pontua.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.