Amesc comemora 41 anos de história

Foto: Divulgação / Amesc

- PUBLICIDADE -

A Associação dos Municípios do Extremo Sul Catarinense (Amesc) completa 41 anos de existência neste sábado, dia 5 de setembro. Mesmo com precaução do atendimento presencial,  a AMESC mantém uma rotina intensa de atendimento aos 15 municípios que compõem a entidade municipalista. A demanda devido a pandemia do coronavírus e o trabalho de forma remota proporcionam uma jornada intensa na rotina de setores como Assessoria de Políticas Públicas; Coordenadoria de Turismo e Cultura e Movimento Econômico. Os colegiados também possuem um fluxo constante em áreas como de Educação, Saúde, Cultura, Assistência Social, Esporte, Defesa Civil e Convênios.

O gerente executivo, Moacir Mario Rovaris, explica que a pandemia do coronavírus ocasionou muitas mudanças na rotina da população e inclusive nos serviços privados e públicos. Na área da associação, muitos setores são diretamente impactados pelos reflexos do que o mundo passa. Acredita que as demandas que tem sido resolvido de forma virtual podem se tornar mais presente no futuro. Moacir é o funcionário mais antigo da entidade e tem orgulho de participar desta história.

- PUBLICIDADE -

Para o presidente da associação, prefeito Ronaldo Pereira da Silva, a associação mostra sua importância. “O trabalho conjunto traz força. Neste momento vemos o esforço integrado na busca de soluções e parcerias. Temos vários municípios pequenos, sendo que juntos nos tornamos grandes. Quero aproveitar a passagem do aniversário da entidade para parabenizar a cada gestor público e a cada servidor que faz parte desta história do extremo sul”.

A secretária, Débora Mansan Camilo, organiza a lista das videconferências e faz o acompanhamento das salas virtuais. Percebe o quanto se mantém a conexão entre as várias áreas que englobam o serviço público.

Rosangela Paulino Alexandrino é a assessora das Políticas Públicas. Segundo ela, a rotina de trabalho tem sido bastante intensa durante a pandemia, em que o empenho das equipes tem sido importante para atender as demandas dos municípios. Lembra que o apoio da Federação Catarinense dos Municípios (FECAM) é importante para as associações. “É uma honra fazer parte desta equipe.  Cada segmento se preocupa em buscar as melhores alternativas a fim de que o cidadão sinta os reflexos positivos. É privilégio integrar este movimento”.

A coordenadora de Turismo e Cultura, Helen Becker, atua a um ano na entidade e para ela representa a chance de desenvolver políticas públicas nos setores de cultura e do turismo, haja vista, que são molas propulsoras para o desenvolvimento econômico e sociocultural dos 15 municípios que englobam a associação. “É um grande prazer fazer parte desta equipe”.

Ailson Piva é o responsável pelo Movimento Econômico e as Tecnologias de Informação.  “Trabalhar na Associação dos Municípios é um privilégio. Nestes meus 22 anos de AMESC pude acompanhar e participar do crescimento econômico e cultural. Ver os municípios criarem identidade e  despontar no cenário estadual, como também ver muitas de nossas ações tomarem vulto estadual e serem reconhecidas”.

A AMESC é organizada pelo Conselho Político; Diretoria Executiva e Conselho Fiscal. Possui na equipe técnica a Gerência Executiva; Contabilidade; Movimento Econômico; Jurídico; Assistência Social; TI/MOVEC; Turismo e Assessoria de Comunicação.  Os colegiados formados são de Esporte;  Administração e Finanças; Jurídico; Obras; Saúde;  Turismo; Vereadores; Agricultura e Meio Ambiente; Educação, Defesa Civil, Cultura, Convênios, dos Direitos da Pessoa com Deficiência (CDPD) e Assistência Social.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.