Agentes culturais de Nova Veneza recebem convênios da Lei Aldir Blanc

No município, foram 18 projetos aprovados, contemplando as áreas culturais, como: teatro, dança, música, fotografia e artesanato

- PUBLICIDADE -

Nova Veneza

A Secretaria de Cultura, Esporte e Turismo de Nova Veneza fez a entrega na manhã desta sexta-feira, 11, de convênios da Lei Emergencial Cultural Aldir Blanc. No município, foram 18 projetos aprovados, contemplando as áreas culturais, como: teatro, dança, música, fotografia e artesanato.

- PUBLICIDADE -

Nova Veneza recebeu cerca de R$123 mil para serem repassados ao setor cultural a mediante medidas adotadas durante o estado de calamidade pública devido à emergência de saúde pública relacionada ao coronavírus.

“Estamos muito felizes em utilizar praticamente todo o recurso disponibilizado, pois vemos que os agentes culturais de Nova Veneza estão organizados e empenhados no desenvolvimento cultural de nossa cidade. Além do recurso disponibilizado pelo município, algumas entidades foram aprovadas na primeira etapa do edital estadual Trajetórias Culturais, do governo estadual, que também está sendo realizado por meio da lei Aldir Blanc. Esse é o nosso papel em contribuir com o desenvolvimento das atividades dos nossos agentes culturais, afinal são eles que levam o nome e a cultura de Nova Veneza por todo o Brasil”, afirmou a secretária de cultura, esporte e turismo, Susan Bortoluzzi Brogni.

O prefeito em exercício, Aroldo Frigo Júnior também enalteceu a importância dos recursos para os agentes culturais. “Sempre batalhei pelas entidades culturais e me sinto orgulhoso de assinar este convênio para que nossas entidades possam respirar e serem assistidas, pois elas que levam o nome de Nova Veneza por aí”.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.