ACII debate inclusão da duplicação da SC-445 no orçamento de 2021

Objetivo é possibilitar melhoria na trafegabilidade, permitindo ampliar a capacidade comercial

Foto: Divulgação
- PUBLICIDADE -

Içara

A preparação da Rodovia Paulino Búrigo (SC-445) para a instalação de novos empreendimentos avançou mais um passo nesta segunda-feira, dia 7. Um processo para a duplicação e a consequente melhoria na trafegabilidade, permitindo assim ampliar a capacidade comercial, foi oficialmente aberto pela Associação Empresarial de Içara no Governo do Estado. A entrega do ofício com o pedido de inclusão da duplicação no orçamento catarinense para 2021 ocorreu na Secretaria de Estado da Fazenda, em Florianópolis, de onde partirão novos encaminhamentos.

- PUBLICIDADE -

“A duplicação representará um novo eixo comercial para a região e uma opção para grandes players nacionais também chegarem à Região Carbonífera. Trata-se de uma rodovia interligada a BR-101, ao Anel de Contorno Viário e muito próxima, por isso, da Via Rápida. Desde já agradecemos ao Estado, representado pelo secretário Paulo Eli, pela receptividade com a Acii e seus associados para dialogar sobre a inclusão no orçamento da SC-445”, indica a presidente da entidade empresarial de Içara, Adriana Mara de Oliveira.

“Essa é uma obra necessária e que não pode esperar, pois a aceleração na ocupação de seu entorno poderá tornar inviável a duplicação”, avalia Paulo. Segundo ele, o próximo passo será tratar diretamente com a Secretaria de Estado da Infraestrutura a elaboração do projeto para a obra, inicialmente, entre o bairro Presidente Vargas e Vila Nova. O trecho compreende aproximadamente 11km com importantes empresas no caminho, entre elas, a Librelato. Por isso, exigirá diálogo com a classe empresarial durante a elaboração da proposta.

“Estamos investindo em Içara com a perspectiva de ampliação”, lembra a sócia da fabricante de implementos rodoviários, Thayni da Silva Librelato. A empresa atualmente tem unidades em lados distintos da SC-445, por isso, depende de uma interligação que não interrompa o fluxo da rodovia estadual. A primeira opção seria um túnel. Contudo, isso exigiria um espaço de manobra maior. Neste caso, a melhor alternativa deverá ser um viaduto, inclusive, para retorno a outras empresas no entorno.

A perspectiva de transformação estrutural – e também comercial – da rodovia mobilizou para a audiência também o novo presidente eleito para a Federação das Associações Empresariais de Santa Catarina, Sérgio Rodrigues Alves. Conforme ele, a Facisc estará engajada ativamente na pauta levantada a partir do projeto Voz Única, realizado pela Acii. A duplicação da SC-445 foi uma das solicitações do setor econômico de Içara para acelerar o desenvolvimento da cidade e, em consonância com os associados, foi definida como uma prioridade para 2021.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.