Saída temporária: nove beneficiados não cumprem retorno no prazo estabelecido

No estado, dos 135 evadidos, 48 foram recapturados e 87 continuam foragidos

Lucas Colombo/TN Sul
- PUBLICIDADE -

Érik Borges

O Departamento da Administração Prisional (Deap) divulgou que no presídio de Araranguá, dois detentos que receberam saída temporária evadiram. Já em Criciúma, seis detentos do presídio masculino não retornaram no prazo estabelecido, além de uma mulher da penitenciária feminina. Os municípios com maior número de evasões são: Chapecó (Penitenciária), com 13 evasões; Itajaí (nove em penitenciária e quatro em presídio) e Palhoça (Colônia Penal Agrícola), com 13 evasões.

- PUBLICIDADE -

Dos 2.588 internos que deixaram o sistema prisional com autorização judicial, por meio do benefício da saída temporária, 135 pessoas não retornaram às suas respectivas casas prisionais. Isso representa uma evasão de 5,2%. Dos 135 evadidos, 48 foram recapturados e 87 continuam foragidos.

Esse levantamento do sistema i-pen contempla as saídas temporárias realizadas entre os dias 19/12 e 31/12, sendo que os internos que deixaram as unidades no dia 31/12 tinham como prazo de retorno as 17h de ontem, dia 7.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.