Tigre tem apenas quatro vitórias em casa

Precisando superar o Brusque para ficar na Série C, equipe vence metade dos jogos disputados no Majestoso pela competição nacional

- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Criciúma

- PUBLICIDADE -

Para escapar de um trágico e vexatório rebaixamento para a Série D do Brasileirão, o Criciúma precisa vencer o Brusque, em casa, no sábado, às 19 horas. Com os três pontos, o time não dependerá de resultados paralelos e garantirá a permanência na Terceira Divisão da competição.

Entretanto, o aproveitamento da equipe, em casa, na competição, não empolga muito. Dos oito jogos realizados no Majestoso, o Tigre venceu quatro, empatou dois e perdeu outros dois. O início, ainda sob comando de Roberto Cavalo, foi promissor: vitórias sobre São Bento e Boa Esporte, na segunda e na terceira rodada. Ambos os resultados por 3 a 1 e desempenhos satisfatórios.

Na quinta rodada, um empate com o Volta Redonda por 1 a 1. Na oitava e na décima rodada, mais duas vitórias e o Criciúma fazia valer o mando de campo. Diante do São José, triunfo por 2 a 0. No dia 7 de outubro, o técnico Roberto Cavalo foi demitido e o desempenho degringolou.

Chegada de Itamar e queda em campo

Na estreia do técnico Itamar Schulle, contra o Londrina, em 11 de outubro, nova vitória, mesmo com mau desempenho: 2 a 1, no sufoco. A partir daí, o Tigre não soube mais o que é vencer no Majestoso.  Diante do Tombense, derrota por 1 a 0. Contra o Ituano, mais um revés: 2 a 0. E, na partida mais recente disputada em casa, um jogo pouco usual: 4 a 4 com o Ypiranga. Nesse confronto, o Tigre começou vencendo por 3 a 0, chegou a fazer 4 a 2, mas cedeu o empate nos minutos finais.

Desta forma, no sábado, a equipe precisará quebrar a escrita de quase dois meses sem vencer em casa. “A gente tem que vencer. Estamos na mão do nosso trabalho, depende da gente, como dependia. Às vezes, o nosso trabalho não é suficiente e eu não digo em relação a todos. Não é o suficiente. Você tenta de tudo, você faz de tudo, o clube da todas as condições, não tem um ‘ai’ para dizer sobre algo do Criciúma, muito pelo contrário. Me dá dó, eu fico triste, com pena, a verdade é essa, por ter pessoas abnegadas a frente do Criciúma e cumprir com seus compromissos e até incentivar os jogadores com preleções, então a gente lamenta profundamente isso”, destaca o técnico Itamar Schulle.

O Tigre em casa na Série C

2ª Rodada – 15/08 – Criciúma 3 x 1 Boa Esporte

3ª Rodada – 24/08 – Criciúma 3 x 1 São Bento

5ª Rodada – 06/09 – Criciúma 1 x 1 Volta Redonda

8ª Rodada – 25/09 – Criciúma 2 x 0 São José (RS)

10ª Rodada – 11/10 – Criciúma 2 x 1 Londrina

13ª Rodada – 01/11 – Criciúma 0 x 1 Tombense

15ª Rodada – 14/11 – Criciúma 0 x 2 Ituano

16ª Rodada – 19/11 – Criciúma 4 x 4 Ypiranga (RS)

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.