Tigre: O desafio da montagem do elenco

O grupo de jogadores começou a trabalhar, na tarde de sexta-feira, sob comando do preparador físico William Hauptman

- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Criciúma

- PUBLICIDADE -

Com um orçamento reduzido para menos da metade – o Criciúma terá apenas 350 mil reais mensais para pagar a folha do futebol profissional – e buscando uma volta à Série B, o diretor aposta em um elenco jovem e com ambição em crescer na carreira. “É o foco. A gente vai procurar trabalhar com jogadores jovens. Com essa faixa salarial que estamos trabalhando, serão apostas. Nós vamos trabalhar com atletas que queiram crescer, não pode vir só pelo salário. O jogador tem que vir para o Criciúma pensando na carreira e em crescimento. Dividir conosco o momento. Eles terão que estar envolvidos no processo e entender que o Criciúma é muito grande e onde nós queremos chegar”, reforça o diretor de futebol do Criciúma, Evandro Guimarães.

Até o momento, 17 jogadores estão no elenco carvoeiro. As duas novidades da sexta-feira foram os zagueiros Léo Santos e Fábio. O primeiro está se recuperando de uma grave lesão no joelho e não deve permanecer para a temporada 2020, já o segundo é formado nas categorias de base do clube e está integrado ao grupo de jogadores.

Guimarães ressalta que seguirá atento ao mercado e novas contratações podem chegar a qualquer momento. “O futebol é dinâmico. A gente não pode parar, independente da situação. Até com o time pronto, você continua mexendo e tem que renovar. Não pode se iludir com vitória. Não pode perder a força, concentração e rendimento”, comenta.

Não há um número exato para novas contratações. “Não tem um número. Temos que avaliar cada situação, ligados no mercado e nas possibilidades. Isso é algo que não vai parar nunca, temos que estar atentos às informações”, pontua Evandro.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.