Tigre: Hora de decisão para o time Sub-20

Tigre busca a vaga na próxima fase da Copa São Paulo diante do Jaguariúna, a partir das 15h15min. Equipe joga pelo empate para seguir adiante

- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Jaguariúna/SP

- PUBLICIDADE -

O Criciúma faz um jogo de “vida ou morte” na Copa São Paulo de Futebol Júnior. Hoje, a partir das 15h15min, os jovens carvoeiros pegam o Jaguariúna, donos da casa, e podem empatar por qualquer placar para seguirem na competição. O confronto será no estádio Alfredo Chiavegato.  “Esse é o jogo decisivo, vale a vaga tanto pra nós quanto pra eles. A equipe deles é muito agressiva nos primeiros 30 minutos, temos que entrar atentos e saber conduzir o jogo”, comenta o técnico Lalo Feltrin.

O comandante carvoeiro avalia o desempenho da equipe na competição, até o momento, e qual será a consequência direta dos três pontos. “Nossa equipe tem qualidade na posse de bola e circulação, mas estava pecando no último passe e na finalização. A vitória vai dar mais confiança, vamos ter mais equilíbrio e concluir as oportunidades”, pontua Lalo.

O time Sub-20 do Tigre ainda está invicto na competição: uma vitória e um empate, em dois jogos. Caso vença, o Criciúma espera por um empate entre Náutico e Santo André para garantir a primeira colocação da chave.  Os outros dois times do grupo também jogam hoje, mas às 13 horas, no mesmo local.

Na próxima etapa, os Tigrinhos terão pela frente um dos quatro times do grupo 19: Vasco, Itapirense ou Jacuipense. O Carajás está eliminado. A partida da próxima fase deve acontecer no sábado, dia 11. Nas duas primeiras rodadas, o Criciúma bateu o Santo André por 1 a 0, gol de Eduardo, e ficou no 1 a 1 com o Náutico – o lateral direito Claudinho, de pênalti, marcou  para o time carvoeiro.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.