Tigre: Frustração por não obter o acesso

Marino admite que está decepcionado com a campanha do Criciúma e não garante permanência no clube para 2021

- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Criciúma

- PUBLICIDADE -

O Criciúma não tem mais chances de subir para a Série B de 2021. A situação frustrou e chateou não apenas a torcida, mas também os jogadores. O volante Marino admite que está decepcionado com o final de campeonato do Tigre. “Fiquei muito decepcionado, até porque a gente veio para cá almejando coisas melhores. O Criciúma não merece estar na Série C, o clube tem camiseta, tradição. É time grande. Tenho certeza que a gente vai dar o nosso melhor para deixar o Criciúma onde a gente pegou e, no ano que vem, quem estiver dará o seu melhor para colocar o Criciúma onde merece: Série B e Série A”, diz.

Para o jogador, não houve apenas erros do Criciúma ao não conseguir o acesso, os adversários também se reforçaram bastante para o Returno da Série C. “A competição foi afunilando, os times contrataram jogadores experientes, então teve uma dificuldade para a gente. Acabamos não conseguindo o nosso objetivo, mas agora é trabalhar nesses dois últimos jogos, que para nós são decisões”, pontua.

Ainda sem estar livre do rebaixamento para a Série D, as últimas partidas serão encaradas como finais de campeonato pelo atleta. “A gente encara como dois jogos decisivos. Contra o São José, é uma decisão, uma final. Aí já complementa o nosso objetivo na competição. A gente tem que permanecer na Série C. Tenho certeza que, no meu pensamento, é uma decisão, que é muito importante para mim e para os demais jogadores. Vamos entrar, dar o nosso melhor e deixar o Criciúma na Série C, que é o que importa”, ressalta.

Mesmo declarando amor pelo Criciúma, Marino não garante que permanecerá no clube em 2021.“Estou focado nos dois últimos jogos. Tem que ver com o meu empresário, o que ele está pensando e conversando. Tenho um carinho imenso pelo Criciúma, que é um time grande. Tenho certeza que os outros jogadores também têm interesse em permanecer, assim como eu. A vida segue, mas estou pensando primeiramente nestes dois últimos jogos que são mais importantes”, ressalta.

Adaptação ao gramado sintético

Na manhã de ontem, o Tigre foi até Tubarão e realizou uma atividade preparatória no Centro de Treinamento do Sapfesc, o Sindicato dos Atletas Profissionais de Futebol de Santa Catarina. Isso devido ao próximo compromisso do Criciúma ser diante do São José, no gramado sintético do estádio Francisco Novelletto, em Porto Alegre. O campo da Sapfesc também é todo com grama artificial, assim, os atletas trabalharam no local para facilitar a adaptação.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.