Tigre: Eduardo volta ao time. Andrew está fora

Antes do trabalho, no CT Antenor Angeloni, o auxiliar Wilsão e Cavalo orientaram os atletas


- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Criciúma

- PUBLICIDADE -

No treino da tarde desta quarta-feira, o técnico Roberto Cavalo sinalizou o time do Criciúma que começará a partida de quinta-feira contra o Tubarão. A única alteração será a entrada de Eduardo, que está recuperado de uma canelite. Quem deixa o time é Andrew, que tem um trauma no pé esquerdo e sentiu a lesão durante o aquecimento, antes do trabalho realizado no CT Antenor Angeloni.

Durante o treino coletivo, Cavalo e o auxiliar técnico, Wilsão, pediram mais empenho para que o time ganhe a primeira e a segunda bola, na reposição de jogo por parte do adversário. Eles também orientaram muito o garoto João, para que ele faça jogadas rápidas pelos lados do campo nas costas dos laterais. O time que começou o trabalho teve: Paulo Gianezini; Victor Guilherme, Rodrigo Milanez, Murilo Gomes e Bruno Oliveira; Adenilson, Eduardo, Foguinho e Alisson Taddei; Jajá e João. Alisson teve uma importante função de “falso 9” – formando uma linha ofensiva de três jogadores – e também como quarto homem de meio campo. “A base será a mesma, mas teremos mudanças. Quando você não tem o resultado positivo, procura dar oportunidade para outros atletas e nós estamos com o grupo cada vez mais fortalecido. Então, tem que ver, em campo, os atletas que estão chegando. Temos o Eduardo e o Carlos César que voltaram a treinar”, comenta Cavalo.

 

No time reserva, a grande novidade foi o retorno de Carlos César, também recuperado de lesão. O recém chegado Léo Ceará também trabalhou entre os suplentes. O time reserva teve Wagner; Claudinho, Fábio, Christofer e Wellington; Rullian, Carlos Cesar e Carlinhos; Luquinha, Eduardo Melo e Léo Ceará. Inicialmente, trabalharam à parte o zagueiro Claudevam Pirambu, o meia Ykaro e os atacantes Taylon, Daniel Cruz e Edinan.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.