Tigre: Dois meses sem vencer fora

Tigre amarga uma sequência ruim, em partidas longe do Majestoso, e precisa melhorar para seguir no G-4 da Série B

- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Criciúma

- PUBLICIDADE -

Um time que busca fazer uma campanha considerada “de acesso” precisa não apenas vencer partidas em casa, mas também obter triunfos longe dos seus domínios. Esse é o grande problema do Criciúma na Série C: o time ainda não venceu fora de casa. Mais do que isso, está apenas um ponto a frente do quinto colocado, o Londrina, e terá pela frente o Brusque, na segunda-feira, mais uma vez no campo do adversário.

Pela Terceira Divisão, o Criciúma tem dois empates e duas derrotas fora de casa. São apenas dois pontos conquistados em 12 disputados. A última vitória da equipe treinada por Roberto Cavalo, longe do Majestoso, foi ainda no Catarinense: 1 a 0 contra o Marcílio Dias, em Itajaí, pelas quartas de final da competição. Isso aconteceu em 30 de julho. Ou seja, o Tigre não vence, fora de casa, há mais de dois meses.

O técnico Roberto Cavalo considera que a equipe está trilhando o caminho certo para a classificação, mesmo com os maus resultados fora do Heriberto Hülse. “Nós estamos no caminho certo. Agora é pensar no Brusque, na segunda-feira. A gente sabe que não é fácil lá, mas vencendo o Brusque, você soma 15 pontos e está dentro da matemática do que nós pensamos, em termos de futuro, na classificação”, comentou, ainda ao final do jogo de quarta-feira contra o Tombense, em Minas Gerais.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.