Tigre busca a recuperação diante do Tubarão

Após perder para o Juventus, Criciúma quer mais três pontos no Catarinense no clássico regional de hoje, a partir das 19 horas, no Majestoso. Técnico Roberto Cavalo cobra dos jogadores mais empenho e luta em campo


- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Criciúma

- PUBLICIDADE -

A derrota e as polêmicas de arbitragem ficam para trás. O Tricolor Carvoeiro volta a campo hoje, a partir das 19 horas, diante do Atlético Tubarão, no Majestoso. O time treinado por Roberto Cavalo quer se reencontrar com as vitórias e, para isso, o comandante cobra mais empenho dos atletas em campo. Ele não ficou satisfeito com o desempenho da equipe e, mais do que isso, com a falta de indignação e raça diante do Juventus. “Ontem (terça-feira), eu cobrei muito. Falei, por volta de 30 minutos, cobrando os nossos atletas, porque eles carregam um GPS e ali mostra o quanto percorreu. Contra o Concórdia, chegaram a 11 quilômetros e, nesse jogo, foi abaixo. Cobrei muito deles que você não pode deixar de correr. Tudo bem que tem o calor, expliquei, mas da maneira que trabalhamos o descanso, a alimentação, a viagem e hotel, eles poderiam dar um pouco mais. Então, a gente cobrou isso e vai ser sempre assim no nosso comando. O atleta tem que dar sempre o máximo. Nesse jogo (contra o Juventus), no geral, foi abaixo e eles concordaram”, comenta o treinador.

O capitão Foguinho foi um dos que pediu a palavra e prometeu mais empenho em campo. Cavalo reforçou o pedido de empenho para obter a vitória diante do time da Cidade Azul. “Pedi a palavra deles e o Foguinho se manifestou. Ele foi muito bem nas palavras, junto com o grupo, porque ‘quem corre menos, perde’. Esse é o ditado. Nós tivemos abaixo tecnicamente, o que nós esperávamos não aconteceu, e perdemos o jogo, da maneira que vocês viram, como nós sabemos, mas não pode deixar de se empenhar mais ainda, principalmente em um jogo que nós poderíamos voltar lideres. Agora, contra o Tubarão, com certeza o time vai correr um pouco mais e vai dar o máximo para conseguir a vitória”, ressalta Cavalo.

Mesmo assim, o técnico reconhece que o time não está totalmente entrosado e pede paciência aos torcedores. Para o comandante, a equipe ainda irá evoluir mais, no decorrer das rodadas. “Fizemos dois jogos e a falta de entrosamento é visível, você não consegue ter ainda uma jogada ensaiada, um padrão de jogo. Eu fiz uma colocação agora que, no primeiro jogo, contra o Concórdia, corremos mais e ganhamos. Quando correu menos, perdeu. A falta de entrosamento é grande, a torcida teve paciência, sim, porque saímos perdendo o jogo e buscamos a virada”, pontua.

Campeonato Catarinense – Primeira Fase – 3ª Rodada

CRICIÚMA

Paulo Gianezini; Victor Guilherme, Rodrigo Milanez, Murilo Gomes e Bruno Oliveira; Adenilson, Eduardo, Foguinho e Alisson Taddei; Jajá e João. Técnico: Roberto Cavalo

TUBARÃO

Lee; Barthell, Carlos Alexandre, Vinicius Kuerten e Nikolas Farias; Eduardo Meurer, Davi Lopes, Edinho e Eliomar; Rayan e Ze Victor. Técnico: Pingo

Arbitragem: Diego da Costa Cidral; Auxiliares: Thiaggo Americano Labes e Helton Nunes.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.