Tigre busca a primeira vitória fora de casa

No interior gaúcho, Criciúma pega o Ypiranga, no domingo, a partir das 16 horas, após dois empates longe do Majestoso pelo Grupo B da Terceira Divisão

Tigre realizou coletivo na tarde desta segunda-feira. Foto: Celso da Luz / Criciúma EC
- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Criciúma

- PUBLICIDADE -

Único invicto na edição de 2020 da Série C, o Tricolor Carvoeiro busca a primeira vitória longe do Majestoso nesta edição da competição. No domingo, a partir das 16 horas, o time treinado por Roberto Cavalo visita o Ypiranga, em Erechim, no interior gaúcho, e tenta conquistar os três pontos que manterão a equipe no grupo das equipes que estariam classificadas para a próxima fase da Terceira Divisão.

O adversário está invicto a cinco partidas – só perdeu na estreia, diante do Brusque, e mais: vem de duas vitórias consecutivas – contra Volta Redonda e Tombense. “É um time qualificado dentro de casa. Vai ser um jogo difícil, mas estamos trabalhando forte em cima disso. A gente vai jogar diante do Ypiranga para buscar os três pontos”, pontua o meia-atacante Léo Ceará.

Para manter a invencibilidade, o Tigre quer pontuar longe de casa. Se não vencer, o objetivo é, ao menos, conquistar um ponto no Rio Grande do Sul. “O Criciúma é a equipe ainda invicta na competição. Viemos mantendo uma regularidade. É importante estar sempre pontuando”, destaca o capitão Foguinho.

O jogador espera que o time consiga compensar, em Erechim, os pontos perdidos diante do Volta Redonda, em casa. “Pela tabela e pelas nossas condições, em casa a gente tem que ganhar e pontuar fora de casa. O resultado não aconteceu, tivemos um empate, mas vamos trabalhar forte para buscar este resultado fora de casa. Espero que já seja contra o Ypiranga”, analisa.

Campeonato Brasileiro – Série C – 7ª Rodada

Domingo – 20/09 – 16 horas – estádio Colosso da Lagoa, em Erechim (RS)

YPIRANGA

Deivity; Muriel, Douglas, Maicon e Henrique Ávila; Tarik, Clayton e Zotti; Fernandinho, Leilson e Neto Pessoa. Técnico: Paulo Henrique Marques

CRICIÚMA

Agenor; Victor Guilherme, Carlos Alexandre, Vitão e Kaíke; Eduardo, Foguinho e Jean Lucas; Andrew (Alisson Taddei), Michel e Jean Dias. Técnico: Roberto Cavalo

Arbitragem: Paulo Renato Moreira da Silva Coelho. Auxiliares: Gabriel Conti Viana e Rafael Gomes Rosa (trio do RJ)

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.