Surfe: ataque de tubarão causa adiamento de etapa do mundial feminino

Vítima é atleta amador que estava na água antes do início das baterias

Foto: WSL/ Keoki
- PUBLICIDADE -

Havaí

A WSL (Liga Mundial de Surfe) anunciou que o Maui Pro, primeira etapa do Circuito Mundial de Surfe feminino, não terá disputas nesta terça-feira (8) por causa de um ataque de tubarão em Honolua Bay (Havaí), local da competição.

- PUBLICIDADE -

Segundo anúncio da WSL, o ataque aconteceu antes do início das baterias da competição, e a vítima foi um surfista amador.

“Não haverá competição no Maui Pro hoje, após incidente com tubarão envolvendo um surfista amador na manhã de hoje em Honolua Bay. A WSL está trabalhando com as autoridades e nossos pensamentos estão com a vítima deste incidente. O Maui Pro está em espera até novo aviso”, diz a entidade máxima do surfe mundial.

Brasileira na disputa

O Maui Pro será reiniciado justamente com a disputa entre a brasileira Tatiana Weston-Webb e a norte-americana Sage Erickson pelas quartas de final da competição.

Com informações da Agência Brasil

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.