Sob pressão, Tigre recebe o São José no Majestoso

Com apenas dois pontos conquistados, nos últimos nove disputados, e, atualmente, fora do G-4 do grupo B na Terceira Divisão, Criciúma precisa da vitória sobre os gaúchos na noite desta sexta-feira

- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Criciúma

- PUBLICIDADE -

Vencer ou vencer. Não há outra alternativa para o Tricolor Carvoeiro, na noite desta sexta-feira, diante do São José (RS), pela 8ª rodada da Série C. Fora do grupo das equipes que estariam classificadas para a próxima fase, o time treinado por Roberto Cavalo precisa dos três pontos para não se complicar na etapa de classificação da competição. Após a derrota para o Ypiranga, onde o desempenho esteve bem abaixo do esperado, o elenco carvoeiro trabalhou forte para entrar em campo na noite de sexta-feira. “Trabalhamos mais forte. Temos que entrar mais aplicados, incisivos e confiantes. Realmente preocupa (a má fase da equipe), mas os jogadores também estão entendendo que está na hora de revertermos a situação e espero que aconteça no jogo contra o São José”, comenta o técnico Roberto Cavalo.

Cavalo considera que a equipe tem condições de bater os gaúchos no Majestoso, após o jogo ruim em Erechim. “Tivemos a consciência de que não fizemos um bom jogo, ficamos devendo. Foi o nosso pior jogo na Série C do Brasileiro, mas a semana de trabalho foi boa e temos condições de vencer o São José”, pontua o treinador.

Na partida do último domingo, quatro jogadores pediram para ser substituídos. Cavalo garante que a parte física dos atletas está perfeita para a partida desta sexta-feira. “Eles estão bem. Treinaram bem na semana e o jogo que passou foi muito diferente. Agora estamos preparados para fazer o nosso melhor contra o São José, mas sabemos que será bastante difícil”, ressalta.

Eduardo, Bruno Oliveira e mais nove

Com quatro jogadores infectados com Covid-19, além de dois membros do estafe, o técnico Roberto Cavalo precisará “montar um quebra-cabeça” para escalar a equipe titular. O clube não confirma oficialmente o nome dos atletas com coronavírus, mas, conforme informações extraoficiais, seriam o goleiro Paulo Gianezini, os laterais Carlos Cesar e Kaike e o meia Jean Dias.

O problema maior está nas laterais. Bruno Oliveira chegou a treinar entre os titulares e deve iniciar no lado esquerdo. “É um jovem, mas eu fico tranquilo, porque, no ano passado, quando precisou, ele jogou lá, contra o Sport Recife e muito bem. Conversamos, eu e o Wilsão, com ele sobre esse jogo e já vinha treinando forte, em um momento bom. Tenho certeza que fará o melhor para nos ajudar a buscar a vitória”, pontua Cavalo.

Em entrevista coletiva, na tarde de quinta-feira, Cavalo garantiu que o volante Eduardo estará em campo. Chegou a ser comentado, durante a semana, uma possível lesão do jogador, mas o fato foi negado por Cavalo. “Está inteiro, treinou bem na semana e praticamente jogou o campeonato todo. Está disposto a buscar a vitória com os demais. Esse é um dos que vai jogar”, explica.  As confirmações, porém, devem acontecer apenas momentos antes da partida. “Eu e o Wilsão já conversamos bastante, treinamos a semana e vamos analisar até momentos antes do jogo para ver quem vai sair jogando. Não tem nada definido ainda, porque tivemos esse problema de Covid-19. Então, vamos aguardar momentos antes do jogo para definir quem vai jogar”, diz.

Campeonato Brasileiro – Série C – 8ª Rodada

25/09 (sexta-feira) – 20 horas – estádio Heriberto Hülse

CRICIÚMA

Agenor; Andrew (Rodrigo Milanez), Carlos Alexandre, Vitão e Bruno Oliveira; Eduardo, Adriano, Jean Lucas e Alisson Taddei; Thiago Henrique (João) e Michel. Técnico: Roberto Cavalo

SÃO JOSÉ-RS

Fábio; Tcharles, Wagner, Marcão e Roger; Diguinho, Lissandro e Rafael Tavares; Felipe Guedes, Gonzalo e Maradona. Técnico: Everton Vanoni

Arbitragem: Osimar Moreira da Silva Júnior (GO); Luciano Roggenbaum (PR) e Tiago Gomes da Silva (GO)

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.