Série B: Próspera vence nos acréscimos e lidera

Time da Raça marca duas vezes, no final do jogo, e conquista a primeira vitória fora de casa na Série B do Catarinense

- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Palhoça

- PUBLICIDADE -

O Time da Raça fez jus ao apelido e venceu o Guarani, em Palhoça, na tarde de quinta-feira. O Próspera marcou duas vezes nos acréscimos do segundo tempo e venceu a partida por 2 a 1. Jean Bruno, que saiu do banco, fez os dois gols do time criciumense: um aos 46 e outro aos 49 minutos do segundo tempo.

Com o resultado, o Próspera assume a liderança da Série B do Catarinense com seis pontos. O time de Criciúma jogou a segunda etapa toda com um jogador a menos, pois Galiardo foi expulso nos acréscimos do primeiro tempo.

A etapa inicial foi mais truncada, com poucas chances de gols, e o Próspera acabou tendo o atleta expulso. Mesmo com um homem a menos, o Time da Raça jogou de igual para igual com o Guarani, na etapa final. Entretanto, com muita chuva, aos 20 minutos, em cobrança de escanteio, César, camisa 4, cabeceou forte e venceu Roberto para abrir o placar: Guarani 1 a 0.

A partir daí, o técnico Paulo Baier colocou o Próspera para frente com muitos atacantes. A pressão deu resultado nos acréscimos da partida. Aos 46 minutos, após cruzamento da esquerda, um bate e rebate se estabeleceu na área e Alex Bruno completou para igualar o marcador: 1 a 1. Na jogada seguinte, após uma finalização do Próspera, o zagueiro Vitor bateu com a mão na bola: pênalti. O mesmo Alex Bruno, que entrou na etapa final, cobrou mal, o goleiro Rafael Kahn pegou, mas o camisa 20 pegou o rebote e marcou: 2 a 1. Virada do Próspera nos acréscimos.

A próxima partida do Próspera será na terça-feira, dia 17, às 16 horas, diante do Caçador, no estádio Mário Balsini.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.