Quadra do Metropol sairá em 2021

Espaço para a prática esportiva, em grama sintética, será concluído no próximo ano, devido ao repasse de verbas do governo

- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Criciúma

- PUBLICIDADE -

Um espaço para a comunidade praticar futebol, com gramado sintético, e também para as aulas da escolinha. Assim será a nova quadra que será construída ao lado do ginásio de esportes do Esporte Clube Metropol. A obra seria toda encaminhada neste ano, porém, a pandemia do coronavírus e o ano eleitoral atrasaram o andamento. “As obras demoram, pois o trâmite é burocrático, complexo. Carece de aprovação do Ministério do Esporte, em Brasilia, de um projeto bem elaborado, aprovação da Caixa… Todas estas fases foram ultrapassadas. Estamos agora definindo os detalhes, como será o tamanho da quadra e quando vão iniciar as obras”, explica o presidente do clube, José Carlos China Vieira.

Por ser um ano eleitoral, o repasse de verbas ficará apenas para 2021 e a obra será iniciada também no ano que vem. “O projeto está aprovado pela Caixa Econômica Federal. O Engenheiro de Obras, André Laitano, autorizado pela prefeitura, visitará o clube para dar início ao projeto”, comenta China.

Na semana passada, representantes do clube se reuniram com integrantes da Secretaria de Obras da prefeitura de Criciúma para definir detalhes do projeto.  “O saldo do valor do dinheiro aportado pelo deputado federal Daniel Freitas, quando da mostra do acervo de fotos do Metropol, na Acic, será usado como metade do valor para a obra”, explica o presidente. A outra metade do valor já recebido será utilizado para as obras de melhoria no clube.

Para a construção da quadra sintética, um valor será repassado ao Metropol através de projeto de lei.  “Depois das eleições, pois não é possível fazer isso em ano eleitoral”, esclarece o presidente. “Saímos bastante satisfeitos da reunião com os funcionários da prefeitura porque, a partir de agora, as obras da quadra serão encaminhadas”, completa China.

Desta forma, os dirigentes do clube encaminham o planejamento do Metropol. “Com isso, estamos dando satisfação à comunidade, ao bairro e aos simpatizantes do clube em relação ao valor”, pontua o presidente.

De olho no retorno às atividades

O Metropol tem um aliado nas obras de reforma do estádio João Estevão de Souza: o empresário Gilson Pinheiro. “Ele está ajudando o clube nas obras de reforma do estádio para, no ano que vem, a gente retormar as atividades de futebol. Inicialmente, no esporte amador”, comenta China.

A intenção, porém, é de traçar voos mais altos. “Quem sabe, no segundo semestre do ano que vem, a gente participe da Série C do Catarinense”, finaliza China.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.