O Tigre e a queda de desempenho

Nos últimos três jogos foram apenas dois pontos conquistados e a saída do grupo dos quatro melhores na classificação

- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Criciúma

- PUBLICIDADE -

O aproveitamento do Tigre, na primeira fase da Série C, está em queda. Após um começo promissor, com sete pontos conquistados, em nove disputados, o time amarga uma queda de rendimento: apenas dois pontos ganhos em três partidas. A última vitória do Criciúma foi ainda em agosto, no dia 24, diante do São Bento, no Majestoso, por 3 a 1.

De lá para cá, empate com o Volta Redonda, em casa, nova igualdade, com o Ituano, longe do Heriberto Hülse e derrota para o Ypiranga no interior gaúcho. Houve ainda uma partida adiada, contra a Tombense, que seria em quatro de setembro, mas passou para o dia 30, devido a compromissos do adversário pelo Campeonato Mineiro.

Entretanto, o auxiliar-técnico, Wilsão, não acredita que o time esteja perdendo rendimento. “Não penso desta maneira. A gente teve dificuldade, mas a equipe está bem equilibrada. Alguns atletas chegaram e, com certeza, o Criciúma já vai estar em uma forma melhor, dentro de casa, em um gramado melhor”, comenta.

As perdas de Foguinho e Victor Guilherme também atrapalharam o desempenho da equipe contra o Ypiranga. “Nós tivemos dificuldades. Treinamos a semana toda com uma equipe e acabando tendo duas ausências, que foram o Foguinho e o Victor Guilherme. Não é desculpa isso, mas tivemos apenas um treino para jogar com o Carlos César pela direita e usando o Adriano como volante”, reforçou Cavalo.

Novas mudanças podem acontecer

O grupo de jogadores se reapresentou, na tarde de ontem, após uma longa viagem desde Erechim, e começou a treinar para o jogo de sexta-feira, diante do São José (RS), às 20 horas, no Majestoso. O técnico Roberto Cavalo fez questão de dizer que o principal objetivo é recuperar fisicamente os jogadores e quem estiver em melhores condições vai a campo diante do time gaúcho. “Somos obrigados a vencer, até porque a tabela diz isso. Não pontuamos fora e fica na obrigação de vencer o São José, dentro de casa, que também vai ser muito difícil”, finaliza o treinador.

A campanha do Tigre na Série C

10/08 – Londrina 0 x 0 Criciúma, estádio do Café

15/08 – Criciúma 3 x 1 Boa Esporte, Heriberto Hülse

24/08 – Criciúma 3 x 1 São Bento, Heriberto Hülse

06/09 – Criciúma 1 x 1 Volta Redonda, Heriberto Hülse

11/09 – Ituano 2 x 2 Criciúma, Majestoso da Vila Nova

20/09 – Ypiranga 2 x 0 Criciúma, Colosso da Lagoa

Jogos: 6 – 2V / 3E / 1D – 9 gols marcados e 7 gols sofridos – 50% aproveitamento

Próximos jogos

25/09 (sexta-feira) – Criciúma x São José, Heriberto Hülse

30/09 (quarta-feira) – Tombense x Criciúma, Antônio Guimarães de Almeida

05/10 (segunda-feira) – Brusque x Criciúma, Augusto Bauer

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.