O jogo da vida para o Próspera

No domingo, diante do Navegantes Esporte Clube (NEC), fora de casa, Time da Raça busca uma vitória para garantir a classificação para a Série A do Catarinense no ano que vem. Elenco está concentrado em busca da vaga

- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

São João Batista

- PUBLICIDADE -

O domingo pode ser um dia histórico para o Esporte Clube Próspera. Longe da Primeira Divisão do Catarinense desde 2007, o Time da Raça depende apenas de si para voltar ao convívio dos maiores clubes estaduais. Neste dia 13 de dezembro, às 15 horas, o time criciumense enfrenta o Navegantes Esporte Clube (NEC), em São João Batista, precisando dos três pontos para garantir a vaga na Série A de Santa Catarina em 2021.

A equipe já bateu na trave, na última segunda-feira, quando perdeu em casa para o Camboriú por 2 a 1. O time chegou a sair ganhando, mas permitiu a virada dos visitantes. Tivesse vencido a partida, o Próspera já estaria na Série A Estadual do ano que vem. Mesmo assim, o Time da Raça só necessita das próprias forças para atingir o objetivo.

Com 14 pontos ganhos, o Time da Raça está à frente de Barra (13 pontos), Camboriú e Caçador (ambos com 12 pontos) na luta pelo direito de jogar o Catarinense do ano que vem. Os quatro times enfrentam equipes que estão na parte de baixo da tabela. O Barra recebe o Fluminense, de Joinville, antepenúltimo colocado, e o Camboriú mede forças com o lanterna Guarani. Ambos jogam em casa. O Caçador visita o Inter de Lages e o Próspera também joga fora de casa.

Hercílio Luz e Metropolitano lideram com 16 pontos e se enfrentam também neste domingo. Quem vencer estará na final. Um empate pode garantir ambos na decisão, caso o Time da Raça não vença. Os dois primeiros colocados da primeira fase jogam as finais, nos dias 17 (quinta-feira) e 20 de dezembro (domingo).

Técnico prega respeito ao adversário

O NEC é o penúltimo colocado da Série B estadual com sete pontos. Mesmo assim, o técnico do Próspera, Paulo Baier, não considera que o confronto será fácil. “É um jogo muito difícil e o nosso grupo está bem concentrado. O grupo está unido e vamos em busca do resultado”, comenta.

O comandante admite que o time cometeu erros que não deveria, no confronto de segunda-feira, mas que os trabalhos da semana ajudaram a corrigir as falhas. “Tivemos erros no último jogo, mas todo mundo conversou e estamos bem concentrados”, pontua.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.