Há um ano, Criciúma estava nos Joguinhos

Em 2020, competição seria realizada entre os dias 16 e 26 de julho, no município de Videira. Entretanto, momento é de pensar na saúde coletiva

- PUBLICIDADE -

Criciúma

A temporada de 2019 foi marcada por evoluções e bons resultados no esporte criciumense. Há um ano, o município do Sul do Estado participava dos Joguinhos Abertos de Santa Catarina em Rio do Sul. Em 2020, o evento estava previsto para ser realizado entre os dias 16 e 26 de junho, em Videira.

- PUBLICIDADE -

Os 45 pontos e a 9ª colocação, ficando como a melhor cidade posicionada do Sul, deram um ar de otimismo aos diretores da Fundação Municipal de Esportes (FME) de Criciúma, que almejaram um salto considerável na atual temporada. “Analisamos todas as competições e modalidades em 2019 e trabalhamos para que neste ano pudéssemos ficar entre os melhores de Santa Catarina. Infelizmente a pandemia fez com que nossos planos fossem adiados, mas seguiremos firmes e fortes nesse projeto vitorioso”, destaca o presidente da FME, Marco Antonio Cimolin.

Ao todo, seis equipes de Criciúma subiram no pódio nos Joguinhos Abertos de Santa Catarina de 2019. No naipe feminino, tênis de mesa e basquete conquistaram medalhas de prata e o futebol bronze, enquanto no masculino o handebol, futsal e futebol ficaram na terceira colocação.

Mesmo com o desejo de participar das competições, o presidente da FME reforça que o momento é de pensar na saúde coletiva. “Todos nós queremos voltar a competir, mas sabemos que o momento não é propício. Temos que focar no bem comum e futuramente voltaremos a estar unidos fazendo o que mais gostamos”, comenta.

As competições promovidas pela Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte) seguem suspensas, assim como os treinos das modalidades da FME de Criciúma.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.