FME realizará o Municipal de Criciúma

Mesmo com a desistência da Larm, presidente garante que o campeonato acontecerá neste ano. Novos parceiros são procurados

- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Criciúma

- PUBLICIDADE -

A edição deste ano do Campeonato Municipal de Criciúma será realizada. Quem garante é o presidente da Fundação Municipal de Esportes (FME), Nícola Martins. Mesmo com a desistência da Liga Atlética da Região Mineira (Larm) em organizar a competição, devido ao valor do repasse de verba ser menor que o esperado pela entidade, o gestor confirma que a competição será realizada. “Vamos em busca de um parceiro e o Municipal de 2020 vai acontecer, cumprindo os compromissos firmados em 2019 com as equipes e buscando fortalecer ainda mais a paixão pelo esporte”, enfatiza Nícola.

O presidnete da FME enfatiza a busca por uma reunião com os comandantes da Liga, sem sucesso. “A Larm tem todo o direito de não querer mais auxiliar a FME na organização do Municipal, mas lamentamos a forma como foi feito esse comunicado. Há dois meses, a FME busca uma reunião com o presidente da Larm e não é atendida. Da mesma forma, o próprio presidente confirmou a presença da Larm no evento de assinatura dos convênios e não compareceu. Por isso, nossa surpresa. Mas, agora, isso é página virada”, reforça Nícola.

Na manhã de ontem, a diretoria da Larm emitiu um comunicado informando que não participou do ato de assinaturas dos convênios junto a Associação de Desportos, que aconteceu na segunda-feira. A verba seria utilizada para a realização do Municipal de Criciúma, porém, o presidente da Liga considera o valor repassado – 20 mil reais – insuficiente para a execução da disputa.

Para Guilherme Gomes, o necessário seria mais que o dobro da quantia: em torno de 45 mil reais. “Nós passamos um orçamento para a Fundação, já no ano passado, salientando o valor de 45 mil reais. Porém, para a edição de 2019, não houve tempo hábil e acabamos cedendo, mediante a conversa com o presidente da Fundação”, explica.

O dirigente diz também que a integralidade do recurso foi garantida para este ano, porém, o valor não foi cumprido. “O presidente da Fundação esteve com os clubes, no ano passado, e pediu um voto de confiança para que, em 2020, tivéssemos um recurso melhor. O que não veio. Ficou aquém do que a gente espera”, comenta Guilherme.

Possível prestação de serviços

A Larm organizou o campeonato, a pedidos da FME, porém, a responsabilidade de realizar a competição é do órgão governamental. Sendo assim, a Larm desistiu da atividade. “Não é obrigação da Larm organizar o campeonato. Automaticamente, a Larm está desistindo da organização, mesmo que a Fundação solicite isso para nós”, rechaça Guilherme.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.