Criciúma: Segundo lugar no Estadual de Tênis de Mesa

Com 16 medalhas e 277 pontos, a equipe sagrou-se vice-campeã do Troféu Eficiência

- PUBLICIDADE -

Criciúma

A equipe de tênis de mesa da Fundação Municipal de Esportes (FME) de Criciúma começou muito bem a temporada de competições. Com 16 medalhas e 277 pontos, a equipe sagrou-se vice-campeã do Troféu Eficiência da 1ª etapa do Circuito Catarinense de Tênis de Mesa, ficando atrás de Joinville, que conquistou 330 pontos, e à frente de Pouso Redondo que obteve 207 pontos.

- PUBLICIDADE -

Esta etapa também foi decisiva para formar a Seleção Catarinense Sub-18 que, em Aracajú (SE), disputará as seletivas para o Mundial na China. Criciúma conquistou duas vagas com as atletas Maria Clara Araújo e Maria Eduarda Magagnin. A 1ª etapa do Circuito Catarinense aconteceu em Videira.

Os próximos torneios estão temporariamente cancelados. Seriam eles: a Copa Brasil, entre os dias 15 e 20 de abril, em São Paulo (SP), e a segunda etapa do Circuito Estadual, em Porto União (SC), entre os dias 24 e 25 de abril.

Os medalhistas da competição foram:

Maria Clara Araújo – 1º lugar Rating B Feminino.

Igor da Silva Bestel – 3º lugar Rating N Masculino

Esther Lipreli – 3º lugar Rating C Feminino

Guilherme Silva da Rosa – 3º lugar Rating B Masculino

Jonathan Luiz de Souza Maria – 1º lugar Rating D Masculino

Vitoria Baltazar Anhaia – 3º lugar Rating B Feminino

Leticia Martins Araújo – 3º lugar Rating A Feminino

Lucas da Silva da Rocha – 3º lugar Rating M Masculino

Isabela da Silva Lima – 3º lugar Adulto Feminino

Leticia Martins Araújo – 1º lugar Adulto Feminino

Maria Clara Araújo da Silva – 3º lugar Juvenil Feminino

Maria Eduarda Magagnin – 1º lugar Juvenil Feminino

Gabriel de Oliveira Antunes – 1º lugar Classe 10 Masculino

Guilherme Silva da Rosa – 1º lugar Absoluto C Masculino

Jean Carlo de Oliveira Padilha – 1º lugar Classe 05 Masculino

Lucas Silva da Rocha – 2º lugar Classe 11 Masculino

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.