Anselmo Freitas está eleito no Tigre

Empresário assume o cargo de vice-presidente administrativo, mas será o mandatário do clube, a partir da saída de Jaime Dal Farra

Arquivo TN

- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Criciúma

- PUBLICIDADE -

Uma nova página será escrita na história do Criciúma. Anselmo Freitas foi eleito, na noite desta quinta-feira, o vice-presidente administrativo do clube. Ele superou Pedro Paulo Milanez Canella na disputa pelo cargo. Foram 108 votos para Anselmo contra 43 de Canella. O posto estava vago desde a saída de Alexandre Farias.

Na prática, o empresário assumirá a presidência do Criciúma, a partir do dia primeiro de janeiro. Isso porque Jaime Dal Farra já entregou a carta de renúncia ao Conselho Deliberativo e deixa o cargo no dia 31. O atual presidente exerceria o mandato até o final de 2021, mas abriu mão do posto, a partir da rescisão de contrato da empresa Gestão de Ativos (G.A.) com o clube. Desta forma, Anselmo será o presidente até o final do próximo ano, mas poderá ser reeleito.

Com Waldeci Rampinelli como vice-presidente de futebol, Anselmo comandará o Tigre no sistema presidencialista, que era exercido até 2009, antes da criação da G.A. Porém, ele contará com o apoio de empresários da região que aportarão recursos financeiros. “O clube volta ao sistema de gestão anterior a 2009, mas com uma gestão profissionalizada. Nós não vamos simplesmente deixar o clube afundar em dívidas, como foi feito com o Figueirense. A responsabilidade é deixar o clube sanado ao final de cada ano”, diz Freitas.

Nos bastidores, Anselmo e Rampinelli já teriam conversado com o empresário Célio Bolan, que agencia jogadores, para formar o elenco do próximo ano. O investimento maior, inicialmente, será nas categorias de base, mas atletas experientes também estarão no grupo de atletas de 2021.“Óbvio que a gente já está sentando para ver algumas situações como os atletas das categorias de base, que nós precisamos dar uma ênfase boa. O Criciúma praticamente não tem estoque de atleta nenhum. Não temos dívidas? Não temos. Mas também não temos atletas”, pontua Freitas.

O futuro presidente diz que o Criciúma voltará a ser da torcida. “Nós vamos criar um plano de sócios mais popular, com valores mais acessíveis. Assim, a gente pega um montante maior de público. Vamos fazer algumas promoções aos torcedores como sorteio de carro, moto, bicicleta… Algo que atraia o torcedor”, finaliza.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.