Ainda dá para o Tigre sonhar

Equipe tem quatro jogos para disputar, na primeira fase da Série C, mas precisa tirar uma diferença de quatro pontos em relação ao Londrina

Celso da Luz / Criciúma EC
- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Criciúma

- PUBLICIDADE -

Está difícil. Mas não impossível. O Tricolor Carvoeiro ainda tem possibilidade de classificação para a próxima fase da Serie C, mas não depende apenas das próprias forças. A equipe precisa tirar uma diferença de quatro pontos para o Londrina, que, atualmente, é o quarto colocado do grupo B com 21 pontos. Entre as duas equipes ainda aparece o Ituano com 20 pontos. Porém, o clube paulista é o próximo adversário do Criciúma, no sábado, às 18 horas, no Majestoso. Assim, se o Tigre vencer se iguala ao rival de Itu.

Além disso, o Criciúma precisa fazer quatro pontos a mais que os paranaenses, nos últimos jogos. “Há oportunidade. Há chance. Então tem que continuar. Está cada vez mais difícil, mas eu vou fazer aquilo que aprendi, que é continuar trabalhando, confiar em Deus, e o resto cabe a nós: aproveitar as oportunidades”, pontua o técnico Itamar Schulle.

O comandante carvoeiro garante que a semana será ainda de mais trabalho. “Se trabalha tanto que, às vezes, anoitece com as finalizações. Tem que fazer gols. Vai melhorar como? Vou trabalhar de manhã até escurecer. Isso a gente faz. Vamos dar moral aos jogadores e dizer o quanto confiamos neles”, comenta o técnico.

A busca por um meia-atacante

Com a não ampliação de contrato de Carlos César e a lesão de Felipe Menezes – que pode ficar fora por até 20 dias – é possível que o Criciúma contrate ainda um meia-atacante. Isso deve acontecer até amanhã, data em que encerram-se as inscrições para a Série C. “Eu acho que a gente precisa de peças pontuais, de setor ofensivo, e isso está sendo tratado para ver se a gente consegue esses jogadores para nos ajudar. Se o Criciúma conseguir trazer essas peças vai nos ajudar. Vamos esperar”, finaliza Schulle.

As partidas restantes do Criciúma (17 pontos)

14/11 (sábado) – Ituano (casa – 18 horas)

19/11 (quinta) – Ypiranga (casa – 20 horas)

28/11 (sábado) – São José (fora – 15 horas)

06/12 (domingo) – Brusque (casa)

 

As partidas restantes do Londrina (21 pontos)

14/11 (sábado) – Brusque (casa – 19 horas)

21/11 (sábado) – São José (fora – 15 horas)

28/11 (sábado) – Tombense (casa – 16 horas)

06/12 (domingo) – Volta Redonda (fora)

 

As partidas restantes do Ituano (20 pontos)

14/11 (sábado)  – Criciúma (fora – 18 horas)

21/11 (sábado) – Boa Esporte (casa – 20 horas)

28/11 (sábado) – Ypiranga (casa – 16 horas)

06/12 (domingo) – São Bento (fora)

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.