A busca do Tigre pela primeira vitória longe de casa

Diante do Boa Esporte, em Minas Gerais, Criciúma quer os três pontos para se manter no G-4 do grupo B. Último triunfo longe do Majestoso aconteceu ainda pela fase decisiva do Catarinense

- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Criciúma

- PUBLICIDADE -

A campanha do Tricolor Carvoeiro, na Série C, tem duas divisões bem distintas. Em casa, o time está praticamente imbatível. Em cinco jogos,  até agora, foram quatro vitórias e um empate. Ou seja, 13 pontos conquistados em 15 disputados. Irrepreensível. Porém, o oposto acontece quando o time sai para jogar longe do Majestoso. Também em cinco confrontos, o Tigre não sabe o que é vencer. São dois empates e três derrotas. Míseros dois pontos conquistados em 15 disputados.

A busca para mudar o cenário, fora de casa, continua, neste domingo, a partir das 16 horas, diante do Boa Esporte, no estádio Municipal de Varginha. É consenso no clube que a vitória precisa vir, até para consolidar a permanência entre os quatro primeiros colocados do grupo B. Além disso, o adversário não está em bom momento: é o penúltimo colocado da chave, com apenas seis pontos ganhos, e corre para não ser rebaixado. “Eu acho que nós temos que nos cobrar em relação a isso e temos que buscar essa vitória fora de casa. Isso é de suma importância para a nossa pretensão e para a nossa classificação”, comenta o centroavante Michel.

Sem o volante Foguinho, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, o jovem Christofer deve receber uma nova chance na equipe. “Ele tem bom passe e boa chegada”, comenta o técnico Itamar Schulle, ainda depois do jogo contra o Londrina, no último domingo. O treinador teve a semana completa para trabalhar e deve manter a base que superou os paranaenses. O elenco carvoeiro ainda treina nesta sexta e sábado pela manhã, antes da viagem para Minas Gerais. O atacante Thiago Henrique, com uma lesão muscular, está fora da partida e deve ficar parado por mais duas semanas.

Campeonato Brasileiro – Série C – 11ª Rodada

18/10 (domingo) – 16 horas – estádio Municipal, em Varginha (MG)

BOA ESPORTE

Renan Rocha; Gabriel, Dirceu, Alex Alves, João Paulo; Maicon Souza, Carlinhos, Cesinha e Lucio Flávio; Marion e Dênis. Técnico: Ariel Mamede

CRICIÚMA

Agenor; Victor Guilherme, Vitão, Maurício e Kaike; Christofer, Eduardo, Carlos César e Jean Lucas; Andrew e Michel. Técnico: Itamar Schulle

Arbitragem: Felipe da Silva Gonçalves Paludo; Auxiliares: Lilian da Silva Fernandes Bruno e Marcus Vinícius Machado Araújo Brandão. (trio do RJ)

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.