Vídeo: Pescadores registram a primeira captura expressiva de tainha

O mar calmo e as temperaturas amenas trouxeram a espécie do peixe para próximo da orla. No Balneário Esplanada, aproximadamente 1.300 quilos foram pescados

Foto: Divulgação

- PUBLICIDADE -

O fim de semana foi favorável aos pescadores do Sul catarinense. Desde o início da safra da tainha, no dia 1° de maio, as condições não estavam sendo propícias ao pescado, fato que mantinha os trabalhadores em alerta. Mas, nesse sábado e domingo, o mar mais calmo e as temperaturas amenas trouxeram o peixe para próximo da orla e facilitaram a captura da espécie na região do Balneário Esplanada, em Jaguaruna.

De acordo com o presidente da Colônia de Pescadores Z-33, João Piccolo, estima-se que os pescadores da região da Esplanada capturaram aproximadamente 1.300 quilos de tainha nesse fim de semana. No Balneário Rincão, ainda não foi registrada a chegada do peixe. “O início está sendo bom, pelo menos, é o que os pescadores estão comentando. Podemos dizer que foi razoável esse fim de semana, não tanto como costuma ser, mas razoável”, afirma.

- PUBLICIDADE -

Esta foi a pesca mais expressiva desde o início da safra, que se estende até o final de mês de julho. Ainda conforme Piccolo, até o momento não foi possível estimar o valor que o peixe está sendo vendido. “Ainda não temos essa informação. No ano passado foi vendido a pelo menos R$ 11 o quilo na beira da praia. Mas este ano, com tudo que está acontecendo, inclusive, a proibição da venda na praia para evitar aglomerações, teremos uma reunião com o prefeito para definir algumas questões”, acrescenta.

A portaria publicada pelo Governo do Estado de Santa Catarina no dia 1°de maio agrupa inúmeras medidas para evitar a propagação do coronavírus, entre elas, que após o término da pescaria, as pessoas deverão sair da praia o mais rápido possível, evitando qualquer tipo de concentração, além das estritamente necessárias ao exercício da pesca. “Os pescadores vão fazer algumas mudanças, trazer o peixe pra fora, levar para casa e entregar direto nos mercados para evitar essa aglomeração das pessoas”, afirma Piccolo.

Clima vai continuar favorecendo a pesca

De acordo com o climatologista Ronaldo Coutinho, se depender do clima, os próximos dias continuarão favoráveis a prática da pesca no Sul do Estado. “A partir de quarta-feira irá entrar uma outra frente fria, vento sul e frio de novo. Final do mês também, tudo indica que na parte do clima o mês de maio irá ajudar”, afirma.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.