Sul é o maior consumidor de gás natural de SC

Metade do volume e 60% dos consumidores atendidos pela SCGÁS estão na região

Mercado com maior destaque é o industrial. Cerâmicas da região respondem pela maior parcela do consumo
- PUBLICIDADE -

A Companhia de Gás de Santa Catarina (SCGÁS), distribuidora do Gás Natural no Estado, superou o número de 16 mil clientes em 2020 e vem atingindo, nos últimos meses, recordes históricos de vendas.Os resultados positivos são fruto da expansão da oferta do energético nas principais regiões catarinenses: dentre elas, o Sul é responsável por metade de todo o volume de gás natural distribuído e reúne 60% do total de clientes atendidos.

O mercado com maior destaque é o industrial, as cerâmicas da região respondem pela maior parcela do consumo. Para este segmento, o principal atrativo está na competitividade: a SCGÁS pratica, na última década, uma das menores tarifas do país. Atualmente é a segunda menor, atrás apenas da Bahia.

- PUBLICIDADE -

“Este cenário tem proporcionado às indústrias da região Sul a competitividade necessária para ganhar espaço não somente no mercado nacional, mas também internacional. Além disso, em segmentos termo-intensivos, como o cerâmico, o gás natural é o energético mais eficiente, formando um via de mão-dupla de economia e produtividade crucial para nosso desenvolvimento socioeconômico”, afirma o presidente da SCGÁS Willian Anderson Lehmkuhl.

Em seguida está o segmento residencial: juntas, as cidades de Criciúma e Tubarão concentram mais de 9.300 do total de 15.400 unidades residenciais atendidas pela SCGÁS em Santa Catarina. A tarifa em faixa única e econômica, os atributos ambientais – o gás natural é o menor emissor de gases de efeito estufa entre os combustíveis fósseis – e a comodidade no fornecimento contínuo, dispensando a necessidade de estoques e reabastecimento, fazem do energético uma excelente e atrativa solução para condomínios em regiões verticalizadas.

GNV

O mercado de Gás Natural Veicular (GNV) é responsável, também, por um dos importantes volumes de consumo em comparação com as demais regiões, junto com a Grande Florianópolis e o Vale do Itajaí. Os milhares de motoristas usuários do GNV encontram, assim como os demais segmentos, significativa economia frente aos demais combustíveis líquidos.

“O gás natural está diretamente associado ao conceito de cidades modernas. Grandes centros urbanos ao redor do mundo adotaram o energético não somente por vantagens econômicas, mas de olho na sustentabilidade: há menor emissão de poluentes, redução da frota pesada de transporte de combustíveis líquidos e sólidos no interior das cidades e consequente melhoria na qualidade do ar e do som. A Região Sul catarinense é muito promissora, conforme evidenciam os números do mercado atendido pela SCGÁS, e queremos seguir ampliando a oferta. A sociedade catarinense almeja cada vez mais o desenvolvimento sustável, do qual o gás natural se mostra um grande aliado, sendo ainda ponte para uma matriz energética mais limpa”, finaliza o presidente da SCGÁS.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.