Sine estadual tem mais de 1,5 mil vagas de emprego em Santa Catarina

- PUBLICIDADE -

O ano de 2020 começou com oportunidades para os catarinenses. O Sistema Nacional do Emprego em Santa Catarina (Sine/SC), órgão vinculado à Secretaria do Desenvolvimento Econômico Sustentável, está intermediando cerca de 1550 vagas no estado. As possibilidades são para diversas áreas e funções.

“Em 2019, o Sine/SC intermediou 42 mil vagas em todas as regiões, o que representa um aumento de 17% em relação a 2018. Para 2020 nossa meta é ir além. Vamos articular novas parcerias com empresas para capacitação de mão de obra qualificada, com base na demanda das vagas oferecidas. Assim, iremos disponibilizar mais oportunidade e dignidade ao cidadão catarinense”, destaca o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável, Lucas Esmeraldino.

- PUBLICIDADE -

Com quase mil vagas disponíveis nesta primeira semana de janeiro, o Oeste tem o maior número de oportunidades. Em São Miguel do Oeste são 453 postos, sendo nove para pessoas com deficiência (PcD), seguido por Chapecó (401) e Concórdia (111).

Na Grande Florianópolis são 131 ofertas de emprego, sendo 105 na Capital, 18 em Biguaçu e oito em São José.

“Empregadores procuram por mão de obra qualificada, então aqueles que buscam capacitação e atualização profissional terão mais oportunidades no mercado de trabalho”, ressalta Ramon Fernandes, diretor de Produtividade, Trabalho e Renda na pasta.

Candidatos

Para se candidatar a uma vaga, os interessados devem procurar a unidade do Sine da sua cidade. É imprescindível levar RG, CPF e a carteira de trabalho. Sem esses documentos, não é possível fazer as inscrições. Não há necessidade de levar currículo.

O cadastro é feito direto no balcão do Sine. Para se candidatar a uma vaga de PcD, é necessário levar também o laudo médico. As vagas são disponibilizadas diariamente e podem ser preenchidas rapidamente.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Por: Marciano Bortolin
Em: Criciúma

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.