Para combate à Covid-19, Amrec recebe recursos do Ministério do Trabalho

Prefeitos definiram que a compra de testes rápidos e máscaras é a prioridade

Foto: Divulgação
- PUBLICIDADE -

O Ministério Público Federal do Trabalho (MPT) vai destinar R$ 340mil aos 12 municípios da Associação dos Municípios da Região Carbonífera (AMREC) para ações de combate e prevenção ao coronavírus. A informação foi repassada pelo procurador do MPT, Bruno Martins Mano Teixeira, durante a reunião de prefeitos da AMREC hoje pela manhã. Onde os prefeitos definiram que a compra de testes rápidos e máscaras para os municípios é a prioridade.

Os recursos são oriundos de depósitos judiciais e serão destinados ao Consorcio Intermunicipal de Saúde da AMREC (CISAMREC), que fará a compra e a distribuição aos municípios. O presidente do Consórcio e prefeito de Siderópolis, Helio Roberto Cesa, o Alemão, agradeceu ao procurador, que foi rápido na resposta ao pedido dos prefeitos, que encaminharam via oficio durante o último encontro. “O recurso será muito importante para esse momento difícil que vivem os municípios. Queremos agradecer a sensibilidade do Ministério Público, que nos atendeu graças a uma lei da ONU”, explicou o presidente do Consórcio.

- PUBLICIDADE -

Estiagem preocupa

Durante o encontro entre os prefeitos a atual situação financeira e a estiagem também estiveram em pauta. Foi aprovado o envio de um ofício solicitando uma reunião junto ao Secretário de Agricultura do Estado. “O secretário de agricultura precisa saber que nossa situação está ficando critica. Queremos que ele nos ajude. Temos no Governo do Estado como nosso pai, e queremos que ele esteja presente nesse momento”, disse o prefeito de Siderópolis.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.