Nova Veneza: Bistek Supermercados celebra cultura italiana em nova loja

Loja em Nova Veneza, berço da marca, abre ao público hoje

Foto: Divulgação
- PUBLICIDADE -

O Bistek Supermercados abre ao público hoje, uma nova loja em Nova Veneza, cidade onde nasceu a rede, hoje uma das maiores do estado. No mês em que comemora 41 anos, o Bistek valoriza e celebra na arquitetura da unidade os traços da cultura italiana que caracteriza a região e a história da marca criada por Adelino Ghislandi.

Uma muralha com 90 metros de comprimento, feita com pedras de basalto, gera um impacto visual marcante já na chegada ao empreendimento. A construção foi feita com as pedras encaixadas uma a uma, técnica antiga, utilizada pelos colonizadores. As cores e tradições italianas também estão presentes na comunicação visual da loja e no uso de materiais como madeira e tijolos aparentes.

- PUBLICIDADE -

A unidade celebra as heranças do passado, mas leva em conta hábitos e necessidades do presente e do futuro. A loja tem estacionamento coberto, mais de 3 mil metros quadrados de área e segue o conceito de mercado de bairro, com espaço com lojas e café e opções de serviços e lazer. A fachada em vidro foi projetada para integrar o ambiente externo ao interno e valorizar a área de acesso à loja.

A inauguração da unidade marca o início da programação que celebra o aniversário da rede. “Estamos muito felizes por poder entregar uma loja tão bonita e moderna a Nova Veneza, cidade onde nasceu o Bistek e que é parte essencial da nossa história”, diz o diretor de marketing da rede, Wagner Ghislandi.

“O ano foi difícil para todos, mas seguimos crescendo e nos diferenciando e julgamos importante lembrar e valorizar o local onde tudo começou”, completa.

A rede segue em expansão. Ainda esse ano o Bistek vai abrir as primeiras duas lojas no Rio Grande do Sul – uma em Torres e uma em porto Alegre. As novas unidades seguem o padrão estabelecido pela marca nos últimos anos, com investimentos em tecnologia de atendimento ao cliente, principalmente para acelerar o check out e diminuir filas, e a valorização de áreas como o açougue, a padaria, a floricultura, a adega e o setor de frutas, verduras e legumes.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.