Longe dos centros, famílias buscam a tranquilidade de um lar

Em tempos de isolamento social e home office, condomínios são opção para quem deseja ambientes mais tranquilos e seguros

Fotos: Divulgação
- PUBLICIDADE -

Criciúma

Com a pandemia de Covid-19, inúmeros escritórios esvaziaram e o home office se tornou realidade para muitas pessoas em todo o mundo. Famílias inteiras começaram a passar mais tempo em casa e em algumas situações, os lares ficaram pequenos. Além disso, os centros urbanos têm grande número habitantes circulando, o que torna ambiente mais vulnerável e menos seguro, em comparação à tranquilidade do interior.

- PUBLICIDADE -

O crescimento de zonas mais afastadas e o maior investimento em infraestrutura próximos às áreas rurais começam a parecer mais atrativos para famílias. Diante deste movimento, os empreendimentos horizontais, tais como condomínios e loteamentos, têm sido a opção mais viável para alguns brasileiros. No Sul catarinense durante os últimos meses, a incorporadora JS Empreendimentos observou um aumento de 30% na procura por loteamentos e condomínios.

Para diretor de operações da JS, Leucimar Ceron, os números demonstram uma migração que já estava acontecendo e, com as pessoas ficando e trabalhando mais em casa, a situação foi evidenciada. “Cada dia mais, as pessoas procuram conciliar a rotina agitada de trabalho com o conforto e a tranquilidade do seu lar. Em nossa região, os condomínios horizontais crescem cada dia mais em aceitação, justamente por proporcionar ao morador mais qualidade de vida”, destaca.

Busca por segurança e tranquilidade

Privacidade, qualidade de vida, ambiente familiar, segurança e a oportunidade de viver em comunidade, são alguns dos benefícios de se morar em um condomínio. Os empreendimentos têm como características o fácil acesso e muita tranquilidade, em especial, quando possuem infraestrutura completa, como é o caso do Esmeralda Premium, localizado no bairro São Simão, em Criciúma.

Focado em proporcionar segurança e privacidade, o projeto do condomínio possui câmeras, central de monitoramento, plano diretor de segurança e biometria. Além disso, o empreendimento é moderno, com destaque para o sistema de reaproveitamento dos recursos naturais, rede elétrica subterrânea e iluminação de led nas áreas de uso comum.

“Ainda é um conceito relativamente novo em nossa região e a oferta é limitada. Por isso, a expectativa pela procura por empreendimentos horizontais é aumentar cada vez mais e a JS está preparada com projetos diferenciados para atender esse público”, analisa Ceron.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.