Estado de SC abriu 18 mil vagas de emprego formais em agosto

Entre os setores, o destaque foi a indústria, com saldo positivo de 11.414 postos de trabalho. Na sequência, aparecem serviços (saldo positivo de +3.609), comércio (+2.048), e construção (+1.295).

- PUBLICIDADE -

Dados do Ministério da Economia divulgados nesta quarta-feira (30) mostram que Santa Catarina registrou, em agosto, um saldo positivo de vagas formais de emprego de 18.375. O número corresponde à diferença entre 86.657 contratações e 68.282 demissões.

Entre os setores, o destaque foi a indústria, com saldo positivo de 11.414 postos de trabalho. Na sequência, aparecem serviços (saldo positivo de +3.609), comércio (+2.048), e construção (+1.295).

- PUBLICIDADE -

Todos os principais setores registraram números positivos. O destaque negativo foi o subsetor de alojamento e alimentação – que compõe os serviços -, com saldo negativo de -1.621. A perda foi compensada pelo subsetor de Informação, comunicação e atividades financeiras, imobiliárias, profissionais e administrativas, com saldo positivo de +5.276.

O saldo positivo de 18 mil vagas de agosto ajudou a reduzir as perdas ocorridas durante a pandemia, mas o acumulado de 2020 ainda é negativo. O saldo é de -22.494 postos de trabalho, fruto da diferença de 651 mil demissões e 628 mil admissões no período, e corresponde a -1,08% no estoque catarinense de empregos. Os dados contabilizam somente vagas formais, com carteira assinada.

Panorama

Santa Catarina foi o terceiro estado com o melhor resultado do país em agosto em números absolutos. Ficou atrás apenas de São Paulo (saldo positivo de 64 mil vagas) e Minas Gerais (28 mil). Em recuperação pós-pandemia, todas as 27 unidades da federação registraram saldo positivo no mês.

No total, o país registrou a abertura de 250 mil postos de trabalho. A maioria na indústria (+92 mil), construção (+50 mil) e comércio (+49 mil). Apesar da alta, o acumulado do ano brasileiro é negativo em 850 mil vagas, o que corresponde a -2,19% do estoque de empregos formais.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.