Criciúma: Incentivo é fundamental para abertura de novos empreendimentos

Em 2019, Casa do Empreendedor formalizou mais de mil microempreendedores individuais. Novos convênios firmados para este ano buscam aumentar esse número

- PUBLICIDADE -

Abrir o próprio negócio é o sonho de muitas pessoas. Mas, não é uma tarefa fácil, que pode ser realizada do dia para noite. Para contribuir com isso, o incentivo à promoção dessa iniciativa é de extrema importância. Em Criciúma, os empreendedores que sonham em ter seu próprio negócio podem recorrer à Casa do Empreendedor, que presta auxílio aos seus representantes para formalização do seu próprio empreendimento.

É o caso de Jéssica de Oliveira Fernandes, que através das orientações que recebeu se tornou uma Microempreendedora Individual (MEI) e é proprietária da JW Personalizados, localizada no bairro Milanese. “Procurei a Casa do Empreendedor para tirar dúvidas em relação à formalização, pois acreditava que seria um processo muito burocrático e por isso não havia formalizado ainda minha empresa. Mas, com a orientação da instituição pude fazer a formalização facilmente e eles me orientaram em todo este processo. Além disso, a entrega de documentos é online, o que facilita muito na protocolização”, afirma a empreendedora.

- PUBLICIDADE -

De acordo com o diretor de Desenvolvimento Econômico, Tecnologia e Inovação de Criciúma, Claiton Pacheco, diversas movimentações por parte do município contribuem para que as pessoas tirem os seus negócios do papel. “Temos o projeto “Mão na Roda” que vai permitir que os empreendedores como a Jéssica consigam ter acesso a pequenos empréstimos para ampliar seus próprios negócios”, comenta.

Ainda conforme Pacheco, durante este ano, um convênio entre a Casa do Empreendedor e Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) foi firmado com o objetivo de entregar capacitações de gestão de negócios para esses empreendedores. “O nosso propósito é, além de estimular a formalidade e permitir acesso a empréstimos para aquisição de máquinas, equipamentos, insumos e capital de giro, que a pessoa entenda que a capacitação é fundamental para poder crescer no mundo que há tanta competição como hoje”, acrescenta o diretor.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.