Criciúma: Com os olhos no futuro do transporte

Completando 15 anos de atuação, a Destak mira o crescimento baseado na expansão para o todo o Sul do Brasil

- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Criciúma

- PUBLICIDADE -

O mercado está em compasso de espera, devido à pandemia do coronavírus. E não é diferente para o setor de Transportes. Porém, uma empresa criciumense consegue se manter em crescimento, mesmo em meio às dificuldades. Completando 15 anos, amanhã, a Destak tem no portfólio grandes clientes, de diversas áreas, o que faz a empresa ter fôlego para superar a crise. E mais do que isso: seguir em ascensão. “Nesse momento do Covid-19, o que não nos fez parar foi ter clientes do segmento de alimentos e produtos essenciais como álcool gel e máscaras, além de produtos de higiene e limpeza. Atendemos grandes redes supermercadistas como Walmart. Então, isso fez com a gente não parasse. Nosso portfólio é rico e diversificado. Assim, pudemos navegar em várias frentes. No automotivo, a gente transporta peças e autopeças para algumas grandes montadoras”, explica Sil Citadin, diretora comercial da empresa.

Originária de Criciúma, a Destak está se aplicando na profissionalização, cada vez maior, dos processos internos e que gerarão mais representatividade no mercado. “Fomos certificar a empresa com licenças que nós não tínhamos: na Anvisa para cosméticos, saneantes e correlatos. Certificamos com a ISO 9001, no ano passado, e são poucas as empresas que têm uma certificação de qualidade”, comenta Sil.

Atualmente, a empresa conta com 800 colaboradores, entre diretos e indiretos, e mais de 1000 veículos. “É uma empregabilidade grande. São mais de 100 unidades e trabalhamos com parceiros ou franquias. As transportadoras trabalham todas desta forma. A estrutura, funcionários e caminhões é toda por conta dos parceiros e a gente paga uma comissão com contrato formalizado. A gente plota o veículo deles, trabalham com nosso uniforme e tudo mais. É a Destak que está lá”, ressalta a diretora.

Projeto de expansão para o Paraná

Totalmente consolidada em Santa Catarina e no Rio Grande do Sul, a Destak quer ganhar mais força também no Paraná. Para isso, criou o PEP: Projeto Expansão Paraná. As novidades são esperadas a partir de agosto. “O Sul, em função da pandemia, é o que tem nos mantido. São Paulo está em uma situação bem complicada”, comenta Sil.

Atualmente, a empresa já atua no estado vizinho: possui uma filial em Curitiba. Além da capital paranaense, a Destak tem espaços próprios em Criciúma, Porto Alegre, Palhoça, Itajaí e São Paulo. “Teremos abertura de novas filiais também em Santa Catarina: Joinville, Indaial e Chapecó. Mesmo com o Covid, vamos ampliar nos próximos meses, e fechar setembro com 10 filiais próprias”, enfatiza a diretora. A décima unidade deve ser em Minas Gerais.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.