BNDES anuncia injeção de R$ 55 bi na economia

Banco de desenvolvimento definiu quatro formas de ajudar empresas e pessoas físicas para atravessar a pandemia do coronavírus

Foto: Lucas Tavares/ Agência O Globo
- PUBLICIDADE -

Brasília

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) anunciou quatro medidas para injetar R$ 55 bilhões de recursos na economia para minimizar os impactos causados pelo coronavírus.

Ao detalhar as quatro medidas, o presidente do BNDES, Gustavo Montezano, afirmou que em todo o ano de 2019 a instituição liberou R$ 60 bilhões na economia. “Agora, em uma semana, conseguimos injetar R$ 55 bilhões, o que mostra a importância desse anúncio”, afirmou.

- PUBLICIDADE -

A primeira medida, explicou, é enviar R$ 20 bilhões do PIS/Pasep ao FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço). A definição de quem poderá sacar esse valor cabe ao Ministério da Economia, que ainda não anunciou as regras.

Outros R$ 19 bilhões representam o refinanciamento (standstill) de operações diretas com o BNDES e R$ 11 bilhões para as operações indiretas. As duas medidas representam uma brecha de seis meses para empresas que têm débitos com o banco de investimentos, que ficarão esse período sem pagar juros e a dívida principal.

O banco também está ampliando o limite de crédito das microempresas do país em um volume total de R$ 5 bilhões. Com a mudança, microempresas com faturamento de até R$ 300 milhões anuais poderão pedir até R$ 70 milhões de crédito e terão carência de 24 meses para começar a pagar.

Elas não precisarão também, segundo o BNDES, especificar qual destino pretendem dar aos recursos. Montezano afirmou que as medidas não têm prazo para acabar, e durarão o tempo necessário para amenizar os impactos causados pela pandemia.

O evento foi aberto com um discurso do presidente da República, Jair Bolsonaro, alertando para o risco que representa a doença principalmente para os brasileiros de idade mais avançada. Mas destacou que a economia não pode parar por causa da doença.

Com informações do site R7.com

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.