Satc e Câmara de Educação capacitam professores de Forquilhinha

Projeto faz parte do programa de Desenvolvimento Econômico Local (DEL) implantado na cidade

Foto: Divulgação/ Ascom
- PUBLICIDADE -

Forquilhinha

A primeira turma de educadores da rede municipal de ensino de Forquilhinha já está sendo capacitada para ampliar o letramento digital, tão necessário em tempos de aulas remotas. A iniciativa integra a Jornada de Aprendizagem, um projeto de extensão da Faculdade Satc e que contempla a as ações propostas pela Câmara Técnica de Educação e Inovação da cidade. Até novembro, os professores participarão de mais três oficinas virtuais onde poderão aprender mais e esclarecer dúvidas sobre ferramentas digitais.

- PUBLICIDADE -

Os encontros são gratuitos e tem duração de uma hora e meia. Quem estará conversando com os professores é a acadêmica da 7ª fase de Engenharia da Computação da Faculdade Satc Mariane Joaquim Melo. A ideia é aprofundar em temas que são conhecidos, mas de maneira superficial. “Nesse primeiro encontro falamos sobre como trabalhar na nuvem. Trouxe informações sobre o drive e as ferramentas disponíveis. No final eles fizeram um exercício para gravar as dicas”, explicou Mariane.

Desde o segundo semestre de 2019, professores do Colégio e da Faculdade Satc participam das discussões que envolvem a Câmara de Educação e Inovação. “O objetivo é contribuir, trazendo ideias e pensando em melhores ações para o desenvolvimento da educação no município”, destacou o professor da Faculdade Satc, Daniel Fritzen.

A Câmara é uma das seis que fazem parte do programa de Desenvolvimento Econômico Local (DEL), implantado em Forquilhinha em setembro de 2019. O objetivo é trazer modelos de gestão, nas mais variadas áreas, que contribuam para o desenvolvimento local e regional, focando em projetos sustentáveis e de interesse da comunidade.

“Por meio da participação de agentes do setor público, forças produtivas e do terceiro setor trabalhamos coletivamente para estruturação do planejamento estratégico da cidade com o olhar para os próximos 20 anos, pautando assim o crescimento econômico e da geração de emprego e renda”, afirmou o agente de articulação do programa DEL, Ramon Borges. Atualmente, são mais de 60 voluntários participando e que se dividem nas seis câmaras técnicas, conselhos e grupos de trabalho.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.