Regional: Educação debate regras da volta às atividades presenciais

Novos encontros devem acontecer de cinco a nove de novembro, onde serão definidas as formações dos comitês municipais e escolares

Foto: Divulgação
- PUBLICIDADE -

Os secretários de Educação que fazem parte do Colegiado da AMREC, junto a Coordenadoria de Educação do Estado e Coordenador da Defesa Civil Regional, estiveram reunidos na manhã dessa quinta-feira, dia 1º, na sede do Centro Integrado de Gerenciamento de Risco e Desastre, Regional de Criciúma (CIGERD) para debater o planejamento da volta das atividades pedagógicas presenciais.

O encontro foi para debater o planejamento regional na preparação dos Planos de Contingências Municipais e Escolares, que será um documento que norteará as medidas preventivas e reativas no controle a COVID-19 durante as atividades pedagógicas presenciais. “O objetivo é garantir segurança e igualdade durante as atividades pedagógicas presenciais nos estabelecimentos de ensino, prevenindo e mitigando a disseminação da COVID-19 no ambiente da comunidade escolar”, explicou o coordenador regional da Defesa Civil, Rosinei da Silveira.

- PUBLICIDADE -

Segundo ele a partir das diretrizes elencadas no Plano de Contingência da Secretaria de Estado de Educação (PLANCON EDU) os comitês municipais e comissões escolares elaboram seu documento contendo as ações aplicáveis para suas respectivas modalidades de ensino e de que forma serão aplicadas, sendo em parte e na totalidade das diretrizes Estaduais, prevendo como será a alimentação escolar, o transporte, os atendimentos pedagógicos, a gestão de pessoas, a comunicação, a capacitação e as finanças.

Novos encontros devem acontecer de cinco a nove de novembro, onde serão definidas as formações dos comitês municipais e escolares, onde os Planos de Contingências devem ficar prontos até dia 14.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.