Karina Manarin: O prosseguimento do processo de impeachment

Leia a coluna completa no Jornal Tribuna de Notícias

Foto: Reprodução
- PUBLICIDADE -

Expectativa para esta semana é quanto ao prosseguimento do processo de impeachment do Governador Moisés, do PSL,  da vice, Daniela Reinher, sem partido, e do Secretário Estadual de Administração, Eduardo Tasca, na Assembleia Legislativa. O parecer da Assessoria Jurídica deve ser acolhido pelo presidente da Casa, deputado Júlio Garcia, do PSD para então se abrir prazo de até dez sessões para a defesa dos acusados. Assim estará oficialmente implantado o processo com a formação também de uma comissão com nove deputados, indicados pelo líderes com as vagas definidas conforme a proporcionalidade de cada partido. A Comissão vai analisar a defesa no prazo de cinco sessões e será responsável pela elaboração de um Decreto Legislativo pelo recebimento ou não da representação contra o governador Moisés e demais citados. Após deliberação da comissão especial, o PDL será publicado no Diário Oficial e, 48 horas depois de sua publicação, colocado para discussão e votação em sessão ordinária. A votação será aberta e nominal e serão necessários 27 votos para aprovar eventual afastamento do Governador por até 180 dias. Caso isso ocorra, nova comissão, dessa vez formada por deputados e desembargadores, será formada para avaliação sobre o impeachment.

O conteúdo completo você acompanha na edição impressa do Jornal Tribuna de Notícias ou no TN Digital. Leia esta e muitas outras colunas, ligue para o (48) 3478-2900 e assine!

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.