Jornada Empreendedora encerra Semana de Ciência e Tecnologia da Unesc

Evento foi realizado de forma virtual pela primeira vez e contou com a participação de visitantes de 21 Estados da Federação

- PUBLICIDADE -

Criciúma

Com mais de 3.500 inscritos, 120 palestras e quase 900 trabalhos acadêmicos apresentados, foi encerrada a 11ª edição da Semana de Ciência e Tecnologia da Unesc. Ao longo dos cinco dias de extensa programação realizada de forma virtual o evento recebeu mais de 20 mil visitantes, sendo estes de 21 Estados da federação.

- PUBLICIDADE -

Entre as atividades que marcaram o fim dos trabalhos esteve a Jornada Empreendedora, ação na qual as comunidades interna e externa puderam aprender em um bate-papo dinâmico sobre formas de recuperar negócios em tempos de crise. Ainda na noite de encerramento a SCT contou com um de seus grandes destaques, a Feira de Inovação, além de outras dez atividades paralelas.

Jornada Empreendedora

A partir de um resgate histórico e a contextualização com o momento atual, Leandro Piazza e Adolfo Cesar dos Santos trouxeram exemplos de gestão de crise e de negócios que cresceram durante a pandemia, além das oportunidades abertas para as startups a partir do cenário. “Mesmo que você seja um professor, médico, um advogado, você precisa pensar como startup, ter um DNA desse modelo”, destacou Leandro.

Conforme o professor, é preciso desmistificar a ideia de que startup precisa estar intimamente ligada produtos de tecnologia. “Startup é uma empresa em que o modelo de negócio não está totalmente validado, está se buscando algo escalável e inovador em um mercado incerto e pouco navegado. Pode ser um negócio de inovação, de viagem ou do que for. É um jeito novo de desenhar o início de uma empresa. É o início 4.0 da jornada empreendedora”, descreveu o ministrante que acrescentou que as dez empresas que mais cresceram na pandemia, desde a Amazon até a T-Mobile, são startups.

Leandro Piazza representou a empresa 49 Educação e foi eleito um dos dez melhores mentores do país em 2020 em evento organização pela Associação Brasileira de Startups. Já Adolfo Cesar representou o Sebrae, instituição na qual atualmente como facilitador do programa Empretec e mentor de liderança empresarial.

A palestra da noite foi mediada pelo coordenador do curso de Design de Produto da Unesc, João Rieth e contou com a participação do coordenador-adjunto do curso de Administração, Thiago Francisco. O conteúdo está disponível no canal Unesc Oficial (https://www.youtube.com/watch?v=xZBL-ask02U)

Edição desafiadora e vitoriosa

Os números da 11ª edição da SCT não deixam dúvidas: a Unesc construiu, mesmo em meio às adversidades impostas pela pandemia, mais um evento de grande sucesso. Ser assistido por mais de 20 mil pessoas, de 21 Estados e contar com um total de inscritos que ultrapassou os 3,5 mil não são marcas que se alcança facilmente.

Para a reitora da Universidade, Luciane Bisognin Ceretta, a realização de um evento de tamanho sucesso mostra de forma clara a força da Unesc. “Esse é um evento que nos orgulha por representar a imensidão de possibilidades dessa Instituição. Ele é um retrato do que essa Universidade oferece na excelência no ensino, na pesquisa, na extensão, na inovação e em todo o cenário no qual está inserida”, destaca.

A possibilidade de encontrar soluções rápidas, acessíveis e viáveis para a realização de uma extensa programação de forma remota, conforme Luciane, só existe porque a Universidade conta com uma equipe engajada e disposta a, acima de tudo, fazer acontecer. “É por isso que essa Semana marca as superações. É mais uma das grandes situações que tivemos que enfrentar e superamos neste ano nas diferentes frentes de cada um. Temos, por trás de todo esse trabalho, uma grande equipe que me orgulha e me deixa imensamente grata por fazer parte deste time”, reforça.

O desafio encarado de frente, conforme a coordenadora da SCT, Merisandra Cortes de Mattos, foi de alto nível. “Enquanto várias instituições de ensino superior do país cancelaram as suas semanas de Ciência e Tecnologia, a Unesc mais uma vez mostra o quão é diferenciada e preparada, possuindo uma grande capacidade de adaptação a diferentes cenários. E isto só se consegue fazer no coletivo, quando todos trabalham em prol de um objetivo comum”, pontuou, completando a fala da reitora.

Muito mais do que cumprir mais uma edição do evento, de acordo com o diretor de Pós-graduação da Unesc, Oscar Montedo, a Universidade superou seus próprios limites e utilizou da expertise dos últimos dez anos de Semana de Ciência e Tecnologia para fazer deste o mais desafiador e o maior dos eventos.  “Estamos concluindo a Semana de Ciência e Tecnologia da Unesc, neste desafiador ano, de forma virtual, mas muito bem-sucedida, superando todos os números dos anos anteriores e levando o que de melhor fazemos em pesquisa científico-tecnológica, extensão e ensino a participantes de 21 Estados da nação”, analisou.

Parcerias

A 11ª edição da SCT Unesc teve patrocínio do Crea/SC (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Santa Catarina); apoio do CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico), Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior), Fapesc (Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina) e da empresa Biozenthi.

Vinculados à Universidade estiveram os parceiros a Itec.in, ADITT (Agência de Desenvolvimento, Inovação e Transferência de Tecnologia), Instituto de Idiomas, Núcleo de Empreendedorismo, NIT (Núcleo de Inovação e Tecnologia), Observatório de Desenvolvimento Socioeconômico e Inovação e Neab (Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros e Indígenas). A parceira externa ficou por conta da DRIN – Inovação e Negócios, Comitê de Implantação do Centro de Inovação de Criciúma, Prefeitura Municipal de Criciúma e a Câmara Municipal de Criciúma.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.