Empreendedorismo é estimulado a partir do ensino fundamental na Satc

Proposta do Incuba Kids é estimular autonomia e trabalho coletivo entre os estudantes

- PUBLICIDADE -

A palavra autonomia, que tem sua origem no grego, está relacionada com independência, liberdade e autossuficiência. Elas têm entre 8 e 10 anos e o desafio é fazer com que tenham mais autonomia. Para isso, alunas que frequentam o grupo integral do ensino fundamental I participaram do projeto Incuba Kids. “Nossa proposta visa incentivar, desafiar e propor aos alunos atuação em grupos com níveis de conhecimentos distintos a busca de soluções para problemas de âmbito pessoal e social, construindo consciência voltada à sustentabilidade”, ressalta a professora Sandra Marcon.

A iniciativa focava diretamente nos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) e queria que as meninas pensassem em algo diferente. “Elas pesquisaram, trouxeram ideias, discutiram em grupo e chegaram até a trabalhar com o método Canvas, que ajuda na organização”, conta a professora.

- PUBLICIDADE -

Das discussões em grupo vieram propostas de reaproveitamento de materiais que a Satc não estava usando, como tapetes usados de EVA que não serviam mais para a educação infantil. A partir deles foram criados tapetes recicláveis, jogos lúdicos, decorações e o “sucatoy”, brinquedos feitos com sucata.

O segredo do Incuba Kids é a autonomia. Usar material reciclado para produzir brinquedos não é algo novo. Mas a partir do momento em que elas possuem o poder de decisão se tornam mais independentes. “Nos primeiros encontros ocorreram atritos, divergência de posições. Eu lançava um desafio e elas precisavam decidir o que fazer. A partir da terceira semana, elas entenderam que era preciso se entender. Foi possível ver novas lideranças surgindo”, revela Sandra.

Incentivo ao empreendedorismo

A proposta faz parte do programa de extensão Esag Kids, parceria que a Satc formalizou com a Udesc/Esag. O objetivo do programa é ensinar o empreendedorismo, inovação e educação financeira para crianças.

A partir de 2020, o Incuba Kids será desenvolvido no ensino fundamental I. Já no fundamental II, a proposta é o Incuba Júnior. “Queremos dar oportunidade para que a criatividade seja aflorada. Essa cultura de inovação estará sendo trabalhada em sala, mas não olhando só para a escola, vamos continuar ampliando o olhar para a comunidade e para os ODSs”, afirma a coordenadora geral do Colégio Satc, Izes Machado Beloli.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.