Delegado pretende viabilizar nova sede regional em Criciúma

Há um ano no cargo da Polícia Civil, Vitor Bianco Junior pretende reunir todas as delegacias especializadas no mesmo local

Crédito: Lucas Colombo / TN Sul
- PUBLICIDADE -

Érik Borges

O Delegado Regional da Polícia Civil, Vitor Bianco Junior completou nesta quarta-feira, dia 8, um ano no cargo. E uma das principais bandeiras levantadas pelo delegado será a viabilidade de construção de uma nova sede da Delegacia Regional da Polícia Civil. Segundo ele, dois terrenos já estão sendo visados para que a estrutura de um complexo seja construída. Porém, de acordo com o delegado, ainda não há prazo para que a ideia seja concretizada. “É apenas uma sementinha que a gente vai trabalhar para tentar colocar em prática”, projeta Bianco. De acordo com ele, todas as delegacias especializadas seriam concentradas em um só local. Até mesmo a Circunscrição Regional de Trânsito (Ciretran) teria condições de ser instalada no novo local. “A atual estrutura do Ciretran não comporta a população que a utiliza diariamente. É necessário que seja proporcionado um espaço maior para que a demanda seja atendida com mais facilidade”, afirma Bianco.

- PUBLICIDADE -

Segundo o delegado regional, uma das principais críticas voltadas às ações realizadas em 2019 foi a alteração do horário de funcionamento do Ciretran. O horário que antes era das 9h às 17h, sem intervalos, passou para o período da tarde (12h às 18h), em razão de corte dos contratados. Segundo ele, o horário foi alterado devido a um contrato que não foi renovado. Com isso, nove colaboradores foram desligados e a otimização dos recursos precisou ser realizada. “O Ciretran vai continuar com esse horário. Temos convicção que mudamos para melhor, em que pese as filas grandes. Essas filas são resultado da falta de estrutura física da nossa regional”, justifica. De acordo com ele, a estrutura física da delegacia regional não atende mais às demandas da Amrec.

Inclusão de plantão

A partir desta sexta-feira, dia 10, a Polícia Civil fará a inclusão do plantão da Delegacia da Mulher junto com a Central Regional de Plantão. “Isso irá nos otimizar recursos. Vou criar mais um setor de investigação da Delegacia de Polícia Civil de Proteção a Criança e ao Adolescente (DPCAM).

Ele conta que no ano passado, ótimos resultados na elucidação de homicídios, combate ao tráfico de drogas e combate a roubo foram realizados. “Entendemos que foi um ano muito produtivo na região e esperamos que 2020 seja muito melhor”, pontua.

Novos delegados

Recentemente, a Polícia Civil da região recebeu dois delegados para compor o efetivo. De acordo com Vitor Bianco Junior, a delegacia regional está aguardando a chegada de mais um delegado. “Um deles irá para a Delegacia da Mulher e o outro vai trabalhar em Urussanga. Já o terceiro irá contribuir para o setor de investigações da Polícia Civil”, projeta. Bianco comenta que o efetivo policial atual está defasado e que aguarda o chamamento do governador Carlos Moisés para policiais da academia. “Assim que estiverem formados, tenho convicção de que o delegado geral olhará com carinho para a região da Amrec e esperamos que a sociedade entenda as nossas dificuldades. Estamos sempre fazendo o possível”, conclui.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.