CCR S.A vence leilão do trecho sul da BR-101/SC com tarifa de R$ 1,97

Grupo terá que fazer investimentos de R$ 7,4 bilhões em 30 anos

Arquivo/TN
- PUBLICIDADE -

A concessão da BR-101/SC, primeiro leilão de rodovias do ano, foi arrematada, nesta sexta-feira (21), pela CCR S.A. O grupo venceu o certame, no trecho entre os municípios de Paulo Lopes/SC e a divisa com o estado do Rio Grande do Sul, e vai administrar a rodovia por um período de 30 anos. O valor da Tarifa Básica de Pedágio da empresa vencedora foi de R$ R$ 1,97, o que representa deságio de 62% em relação à tarifa-teto, que foi de R$ 5,19. O grupo vai operar um trecho de 220 km e terá que fazer investimentos da ordem de R$ 7,4 bilhões.

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, comemorou o sucesso do leilão. “Esse foi o 28º ativo leiloado pelo ministério desde o início da gestão Bolsonaro e é o primeiro de muitos leilões do ano de 2020. O certame de hoje foi mais um marco, mais uma vitória”, destacou. Sobre o valor oferecido pela vencedora, Freitas afirmou que “a CCR é uma empresa grande, que está acostumada a operar concessões. Além disso, o contrato tem um mecanismo de proteção financeira, que são os aportes adicionais. Eles são conforto para garantir que os investimentos serão feitos. Eu sei que o usuário ganhou muito no dia de hoje”, disse.

- PUBLICIDADE -

O diretor de negócios da CCR, Eduardo Camargo, enfatizou que o lance de R$ 1,97 foi responsável e feito com muita segurança. “Já estudamos essa concessão há mais de um ano e, além disso, já operamos a Concessionária Via Sul. É uma combinação de sinergia e aprendizado que viemos acumulando nos últimos anos”, explicou.

Realizado pelo Ministério da Infraestrutura, pela ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) e pelo PPI (Programa de Parcerias de Investimentos), na Bolsa de Valores de São Paulo (B3), o leilão recebeu três propostas de empresas interessadas. A primeira proposta foi do Consórcio Way – 101 com uma oferta de tarifa de R$ 4,35. Em seguida a CCR S.A ofertou um lance de R$ 1,97, e, por último, foi a vez da Ecorodovias Concessões e Serviços S.A, com lance de R$ 2,51.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.