SUS X Particular

A coluna completa você confere na edição do Tribuna de Notícias

- PUBLICIDADE -

Muito se tem comentado sobre o processo de imunização dos brasileiros a partir do verão/21. Está claro que as vacinas que serão ofertadas gratuitamente pelo Governo Federal serão aquelas produzidas em solo nacional, com 95% de eficácia, com logística e distribuição favoráveis, além de baixo custo para aquisição. Oxford (Fiocruz/RJ) e Corona Vac (Butantã/SP), ambas em duas doses, largaram na frente da Johnson & Johnson, dose única, que ainda se encontra na fase de estudos clínicos. Tudo indica que a Moderna/USA e a Pfizer/USA, com 95% de eficácia, também em duas doses, apresentam complexa distribuição e armazenagem, provavelmente ficarão para oferta particular em clínicas, laboratórios e hospitais. As vacinas inglesa e chinesa estão concluindo o envio dos dados para a aferição da Anvisa. Se tudo der certo, terão seus registros aprovados para iniciarem as etapas de formulação, envase, rotulagem, embalagem e controle de qualidade. O processo de imunização no Brasil levará em torno de 60 dias a partir da primeira dose. O cidadão deverá retornar entre 21 e 28 dias para receber a segunda dose. A resposta imunológica virá em média 28 dias depois.
 

O conteúdo completo você acompanha na edição impressa do Jornal Tribuna de Notícias ou no TN Digital. Leia esta e muitas outras colunas, ligue para o (48) 3478-2900 e assine!

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.