Preconceito contra imigrantes

Leia a coluna completa no Jornal Tribuna de Notícias

- PUBLICIDADE -

“Caro Cacau, como é contraditório este nosso mundo, e em especial este nosso país, este nosso estado… Quem esquece sua história está condenado a repeti-la e de modo trágico. Razão possuía Hegel em apresentar o movimento do mundo como um processo de Tese – Antítese e Síntese. Pena que nós vamos sempre só até à Antítese e fica-se brigando ali. Nunca se chega à Síntese.

Parabéns pela tua página de quinta-feira,  principalmente onde o editorial é ” Velha Política”. Meu pai era dirigente de coral. Falecera uma pessoa em Maracajá. Houve missa de corpo presente. Meu pai dirigia o coral que cantava a missa em latim. Sabe o que aconteceu? A polícia (2) entrou na igreja, subiu ao coro, prendeu meu pai e o levou para a delegacia… pensava que estava cantando em língua italiana, o que era proibido. Coisas da história do preconceito contra imigrantes italianos e alemães. É bom lembrar para se chegar a uma Síntese: todos unidos pela grandeza do nosso Estado, a começar pelo exemplo dos nossos representantes. –  Obrigado pelo teu amor por Criciúma, cidade fundada por italianos e que tem sua beleza e grandeza devida a muitas etnias formadoras de uma linda miscigenação. Um grande abraço. Jorge Daros – prof. aposentado.”

- PUBLICIDADE -

O conteúdo completo você acompanha na edição impressa do Jornal Tribuna de Notícias ou no TN Digital. Leia esta e muitas outras colunas, ligue para o (48) 3478-2900 e assine!

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.