Os ensinamentos

Leia a coluna completa no Jornal Tribuna de Notícias

- PUBLICIDADE -

Ensinamos as crianças a recordar, mas não as ensinamos a crescer.

Podemos dar asas às crianças, mas aprender a voar é algo que elas precisam fazer sozinhas. Educar uma criança é ensiná-la a não depender dos adultos, que devem apenas servir de guias, orientando-a para que realize o que deseja da maneira mais adequada e por si mesma. É importante não tentar moldar nossos filhos à nossa imagem e semelhança, pois cada criança, cada pessoa, é única e devemos permitir que essa singularidade apareça. A educadora e especialista em linguagem e aprendizagem Natalia Calderon resumiu a questão da seguinte maneira: “Educar uma criança é como ter um sabonete na mão. Se você apertar muito, ele escorregou para longe. Se pegar com indecisão, ele escapole entre seus dedos. Porém, se exercer uma pressão suave, mas firme, pode mantê-lo seguro.” Não é fácil encontrar o ponto de equilíbrio entre a autoridade e a liberdade, entre a orientação e o livre-arbítrio. Em última análise, os pais educam sobretudo com o próprio exemplo. Se você respeitar a si mesmo e aos outros, as crianças ao seu redor incorporaram essa atitude naturalmente.

- PUBLICIDADE -

Há 400 anos antes de Cristo, Platão já ensinava: podemos facilmente perdoar uma criança que tem medo do escuro. A real tragédia da vida é quando os homens têm medo da luz.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.