Contrariando as pesquisas

A coluna completa você confere na edição do Tribuna de Notícias

- PUBLICIDADE -

Os progressistas alardeiam que representam 70% da população, e continuam a encolher. Os vencedores de domingo não têm muito para comemorar, os vitoriosos de Sampa e Porto Alegre perderam feio para o ‘não-voto’: as abstenções, nulos e brancos. Na cidade de São Paulo, no 1º turno os candidatos PSOL + PT + PSB totalizaram 2,27 milhões de votos. No 2º turno, Guilherme Boulos recebeu 2,17 milhões, isto é, não agregou (teriam cortado a mortadela da militância?). Na cidade de Porto Alegre, no 1º turno os candidatos PCdoB + PSOL + PDT + PSTU + PV totalizaram 259 mil votos. No 2º turno, Manuela D’Ávila recebeu 309 mil, isto é, agregou pouco. As eleições municipais comprovam que Bolsonaro pode ter muitos defeitos, mas demonstra muita intuição, astúcia e inteligência, percebendo a guinada centro-direita do eleitorado brasileiro. A esquerda precisará mais do que nunca de forças estrangeiras (China) para tirar o 2º mandato do Capitão. A extrema imprensa chegou ao seu limite, o descrédito é total, só os fanáticos e convertidos a seguem. Estaria por vir uma asfixia econômica como estão fazendo com a Austrália? O certo é que os globalistas farão o diabo até o pleito de 2022. Quem sobreviver até lá, verá!
O conteúdo completo você acompanha na edição impressa do Jornal Tribuna de Notícias ou no TN Digital. Leia esta e muitas outras colunas, ligue para o (48) 3478-2900 e assine!

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.