Aves Migratórias

A coluna completa você confere na edição do Tribuna de Notícias

- PUBLICIDADE -

O eleitor criciumense tem dado muita dor de cabeça aos analistas políticos de plantão. Em 2016, o candidato tucano Clésio Salvaro assombrou a todos goleando adversários no pleito, obtendo 82.959 votos (75,87%). Em 2018, o candidato João Dória Jr (PSDB) se elegeu a governador do Estado de São Paulo, rebocado pelo trator Bolsonaro. O apoio do prefeito local proporcionou a Capitão reformado, um recorde histórico de 89.133 votos (81,90%) para a Presidência da República. A partir da sua posse, o político paulista estranhamente mudou de ninho, abandonando a trincheira bolsonarista arrastando consigo outros governadores e prefeitos. Agora, em 2020, o prefeito tucano da capital do carvão repetiu a dose com elástica contagem de 71.615 votos (72,36%), virando lenda urbana. O cenário para 2022 aponta, dessa vez, uma polarização entre tucanos e bolsonaristas. De qual lado ficará Salvaro? Entrará no batalhão junto com Rodrigo Maia, Alcolumbre, Mandetta, Moro e Carlos Moisés? Ao assinar o protocolo de intenção de compra da vacina chinesa, a pedra teria sido lançada. O Sul do Brasil é rotulado como berço de fascistas e nazistas, teria sido uma boa estratégia ter engrossado fileiras progressistas e socialistas? Assunto para os especialistas.

O conteúdo completo você acompanha na edição impressa do Jornal Tribuna de Notícias ou no TN Digital. Leia esta e muitas outras colunas, ligue para o (48) 3478-2900 e assine!

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.