“Uma brincadeira sem graça”, diz delegado sobre suposto atentado no Colegião

Jovem afirmou em áudio que viralizou na internet que iria entrar na escola e matar quem lá estivesse.

Lucas Colombo/Tribuna de Notícias

- PUBLICIDADE -

Lucas Renan Domingos

Criciúma

- PUBLICIDADE -

Um áudio que viralizou nas redes sociais nas últimas horas movimentou a Polícia Militar (PM) e a Polícia Civil na tarde desta terça-feira, 30, em Criciúma. Na mensagem, um jovem, ainda não identificado, afirmava que iria entrar na Escola Estadual Sebastião Toledo dos Santos, o Colegião, e iria matar quem estivesse lá. A polícia agiu rápido e garante que a informação não passa de um blefe.

“Tudo indica que não passa de uma brincadeira sem graça”, afirmou o delegado da Divisão de Investigação Criminal (DIC), da Polícia Civil de Criciúma. Ainda nesta terça-feira, ele foi até a escola e conversou com a diretora.

“Fomos apurar evidências para confirmar se o áudio era verdadeiro ou falso. No momento em que conversávamos com a diretora, fomos comunicados do recebimento de outro áudio onde a mesma pessoa desmentia o fato, dizendo ser uma brincadeira”, esclareceu Milanese.

A Polícia Civil ainda segue investigando o caso e tentando identificar o autor da mensagem. Se identificado, ele poderá responder um processo policial por falsa comunicação de crime e pela ameaça causada.

“Orientamos os pais que fiquem tranquilos e confiem na escola. Podem levar seus filhos normalmente para a aula para que as crianças não tenham seus ensinos prejudicados. A Polícia Militar ficará lá durante esta semana e o próprio colégio vai reforçar a segurança privada”, completou.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.