Maior segurança nas abordagens

Içara passa a ter agentes de trânsito equipados com câmera de monitoramento individual

Foto: João Gabriel da Rosa/Prefeitura de Içara
- PUBLICIDADE -

Lucas Renan Domingos

Içara

- PUBLICIDADE -

Pensando na integridade física dos agentes de trânsito e na constante melhoria nas abordagens por eles realizadas, a Prefeitura de Içara resolveu contar com o auxilio da tecnologia. Desde ontem, os agentes estão equipados com câmeras de monitoramentos individuais. Com o equipamento, eles conseguem registrar fotos e gravar vídeos e áudios no momento de orientações ou notificações aos motoristas.

“Muitas pessoas acabam não aceitando a ação dos agentes e ficam agressivos. O objetivo é salvaguardar a integridade física desses profissionais. Também é uma segurança para a população, porque os próprios agentes estarão sendo monitorados. A conversa fica toda gravada”, afirmou o coordenador dos agentes de trânsito, Washington Pereira.

“Só que essa gravação só acontecerá quando o agente achar necessário. No momento em que ele for ligar a câmera, ele avisará o cidadão que a abordagem está sendo filmada. É uma preocupação que temos com a legalidade do uso dessa tecnologia”, ponderou o coordenador.

Pioneiro no Sul do Brasil

Em Santa Catarina, a Polícia Militar (PM) já vinha utilizando as câmeras de monitoramentos individuais. “Vamos utilizar o mesmo equipamento da PM, fornecido pela mesma fabricante. Tanto que o estudo da necessidade de utilizar ou não nos agentes de trânsito de Içara foi realizado com base no trabalho da polícia”, comentou Pereira.

Mas, mesmo que a PM já viesse utilizando em Santa Catarina, Içara será uma pioneira no uso da nova tecnologia. “É que, se tratando de uma equipe de agentes de trânsito, o nosso município será o primeiro no Sul do Brasil a contar com o equipamento durante as abordagens”, ressaltou o coordenador.

As câmaras foram entregues ontem e os profissionais receberam as primeiras orientações de como utilizar. Agora, o uso da tecnologia pelos agentes passará por um processo de adaptação. “Vai levar mais ou menos uns 15 dias para que eles estejam realmente acostumados com o equipamento”, disse.

As filmagens são em alta definição, e somente operadores autorizados terão acesso ao conteúdo que pode, inclusive, ser utilizado como prova judicial. Nos próximos dias, os agentes de trânsito também receberão um novo fardamento, que possibilitará acoplar as câmeras nas roupas.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.